Fecomércio participa de reunião do FOCO

Representantes de diversas entidades contribuíram com propostas para que sejam inseridas no plano de governo dos candidatos a prefeito

Fecomércio participa de reunião do FOCO

Representantes de diversas entidades contribuíram com propostas para que sejam inseridas no plano de governo dos candidatos a prefeito

Por | Edição do dia 22 de agosto de 2016
Categoria: Alagoas, Blog, Notícias | Tags: ,,


Entidades representantes do Fórum Permanente do Comércio de Alagoas (FOCO) se reuniram hoje (22), no Sebrae, para formular propostas referentes a diversas áreas de atuação e formular um documento com o intuito de tê-lo inserido no programa de governo dos candidatos a prefeito de Maceió. Dentre as entidades integrantes do FOCO está a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL)

As discussões foram intensas e versaram sobre as seguintes temáticas: saúde; educação; meio ambiente, segurança, transporte, convívio urbano e tributos. A unificação das taxas municipais, inclusive Taxa de Localização, e que o valor possa ser parcelado foi uma das sugestões apresentadas pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL), tendo como representante a assessora técnica da entidade, Izabel Vasconcelos.

Segundo Izabel, a criação de programas a fim de atrair empresas por meio de incentivo para implantação também é importante para a futura gestão. A entidade ainda apresentou sugestões para outras temáticas, a exemplo do Meio Ambiente, propondo estruturar a coleta seletiva com área de recolhimento e beneficiamento e a simplificação do licenciamento por meio da otimização dos procedimentos.

O coordenador do FOCO, Roberval Cabral, abriu a reunião afirmando que o espaço seria para colocar ideia, interesses, aflições. “Todos os dados serão copilado para produzir um documento a ser entregue aos candidatos a prefeito”, observou. Após a finalização, o documento será encaminhado para as entidades que compõem o FOCO e poderá ter ajustes por parte das entidades.

A gerente da Unidade de Políticas Públicas (UPP), Renata Fonseca, conduziu a dinâmica de trabalho em busca de sugestões junto aos representantes de entidades do Comércio a fim de garantir que os grupos passassem por todos os temas. O presidente do Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidores em Geral do Estado de Alagoas (Sincadeal), Valdomiro Feitosa, contribuiu demonstrando a necessidade de se ter retorno dos impostos pagos. Ele afirmou que os empresários pagam pela fachada de prédio, taxa de localização e coleta de lixo. Em relação esse último item, o tributo pago deveria ter como contraprestação a coleta de até 500 litros de lixo, entretanto, “não estão querendo mais recolher nenhuma quantidade. Querem recolher apenas lixo residencial”.

Além de participar da elaboração deste documento organizado pelo FOCO, a Federação lançará, em setembro, a Agenda Municipal – Compromisso com o Comércio da sua cidade, a qual visa contribuir com a futura Administração. O documento sinaliza propostas para os candidatos ao cargo de prefeito, tanto da capital quanto do interior do Estado, pois terá a colaboração dos sindicatos filiados.

Participaram da reunião representantes da Aliança Comercial, Associação Comercial de Maceió, Federalagoas, Acadeal, FCDL, ABIH, Sincofarma e Sincadeal.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados