, Terça-Feira - 16 de Julho de 2019

 

Fecomércio e Desenvolve visam parceria a fim de facilitar crédito para empresários

Assessoria Fecomércio / 9:49 - 02/08/2016

Federação quer interiorizar as ações e fortalecer os empresários de Arapiraca, Palmeira, União e Penedo


Com a finalidade de atender ainda mais os empresários do interior do Estado, o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas, Wilton Malta, se reuniu com o presidente da Desenvolve – Agência de Fomento de Alagoas, Rafael Brito, já que a agência tem foco no micro crédito. O encontro foi muito proveitoso e sinalizou parcerias.

A proposta de Malta foi direcionada não apenas aos municípios nos quais a Fecomércio tem base por meio dosSindilojas Arapiraca, Penedo, Palmeira dos Índios e União dos Palmares, mas também para outros municípios a exemplo de Delmiro Gouveia e Santana do Ipanema.

A intenção da parceria é no sentido de viabilizar crédito, assistir os empresários, já que a Desenvolve reduz a dificuldade do empresário em ter acesso ao crédito.

Reunião aconteceu na sede da Desenvolve (Foto: assessoria Fecomércio)

Reunião aconteceu na sede da Desenvolve (Foto: assessoria Fecomércio)

Rafael recebeu Malta e os assessores da entidade, Cláudia Pessôa (assessora da presidência), Izabel Vasconcelos (assessora técnica) e Felippe Rocha (assessor econômico). A equipe deixou claro o objetivo da entidade em interiorizar mais as ações da Fecomércio, inclusive com a realização de caravanas ainda este ano, com o tema “Fecomércio mais perto da sua empresa”.

O presidente da Desenvolve assegurou que a agênciatem duas linhas de capital para atender o setor, como a Linha do Micro e Pequeno Empresário e a Linha de Capital de Giro de até R$ 300 mil,ambas com juros de 1.2% ao mês, muito abaixo do que é praticado no mercado. E se for microcrédito a garantia são os avalistas. No caso do crédito aprovado, o empresário terá a carência de quatro meses para começar a pagar e 36 meses para efetuar o pagamento. Segundo Rafael, até R$ 15 mil atende 90% dos interessados.“O nosso compromisso é fazer o mais rápido a análise de crédito.Faremos esse termo de crédito o mais breve possível”, comentou.

De acordo com Rafael, a inadimplência nos créditos concedidos pela Desenvolve corresponde a 0,67%. “Este ano já liberamos R$ 12 milhões contra R$ 9 milhões no ano passado”, afirmou. Ele explicou que a análise de crédito acontece como outra qualquer e todo processo é feito dentro da Desenvolve. “A gente tenta ser o menos burocrático até onde o Banco Central permite”, ressaltou.

Em relação à caravana, Rafael também recebeu positivamente e sinalizou que a Fecomércio poderá falar sobre as linhas de crédito.

Entre outras parcerias, Felippesugeriu umapesquisa sobre o perfil sócio econômico dos que recebem o crédito e o papel desse crédito no impacto indireto de geração de emprego na região.A Desenvolve vai liberar os 40 primeiros créditos concedidos em grotas. Desse total, 29 são direcionados para pessoas que nunca tiveram acesso a crédito na vida.


Comentar usando