Fecomércio e Caixa Econômica estudam parceria para feirão de renegociação de dívidas com atendimento remoto

Parceria auxilia pessoas com dívidas e empresários

Fecomércio e Caixa Econômica estudam parceria para feirão de renegociação de dívidas com atendimento remoto

Parceria auxilia pessoas com dívidas e empresários

Por Assessoria | Edição do dia 9 de março de 2021
Categoria: Economia | Tags: ,,,,


Reunião entre representantes. Foto: Fecomercio

Em reunião nesta terça-feira (9), o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL), Gilton Lima, recebeu o superintendente de Rede da Caixa Econômica Federal no estado, Sander Alex Farias. Na oportunidade, foi discutida a viabilidade da promoção de um feirão de renegociação de dívidas voltado para pessoas jurídicas, com a inclusão do atendimento remoto. A iniciativa visa contribuir com o equilíbrio da saúde financeira das empresas afetadas pela pandemia de Covid-19.

A proposta da Federação foi bem recebida por Farias, que demonstrou interesse em otimizar o atendimento que é ofertado para os empresários. O superintendente de Rede da instituição bancária ressaltou que uma parceria com a Fecomércio AL é muito importante para a Caixa Econômica Federal, pois se trata de um canal de aproximação com as empresas e municípios, o que ajuda a expandir o alcance de seus serviços. “Ter as portas abertas é o que a gente quer”, ressaltou.

No encontro, também foram tratadas outras questões em discussão no cenário atual de crise sanitária que já perdura há um ano. Em se tratando de linhas de crédito, o superintendente afirmou que uma iniciativa nesse sentido só se torna possível quando o governo federal libera recurso. Já no tocante à viabilidade de estender o horário de atendimento das agências na tentativa de evitar aglomerações, Farias observou que não vê a medida como uma solução do problema. “Quanto mais tempo com a agência aberta, mais tempo com aglomeração. É uma questão de educação”, destacou.

DESENVOLVIMENTO DE MUNICÍPIOS

O assessor econômico da Federação, Victor Hortencio, enalteceu a importância das parcerias para alcançar objetivos maiores. “Quanto mais parcerias, melhor para todo mundo”, afirmou. Diante disso, Hortencio apresentou as demandas geradas em reuniões com as prefeituras do interior de Alagoas, que vem sendo realizadas com o objetivo de elaboração de diagnósticos para promover o desenvolvimento dos municípios.

De acordo com o superintendente, todos as cidades alagoanas com mais de 40 mil habitantes possuem pelo menos uma agência da Caixa Econômica Federal, contudo, se houver interesse das prefeituras de municípios com população acima de 20 mil habitantes em firmar parceria com a instituição financeira, com a transferência da folha de pagamento dos servidores para a estatal, Farias afirmou que pode-se discutir a viabilidade de abrir uma agência na cidade como contrapartida.

Outra alternativa, de acordo com a superintendente Executiva de Governo da Caixa Econômica Federal, Maria Carolina Bandeira Arnaud Moura, é aumentar a quantidade de correspondentes

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados