Boa Noite!, Quarta-Feira - 8 de Abril de 2020

 

Fantasias: Da importância para o Carnaval ao impacto das vendas no comércio

Gustavo Candido - Estagiário / 9:19 - 02/02/2020

Festejos começam dia 21 de fevereiro, mas lojas se preparam para data e foliões iniciam a busca pela roupa ideal


39a66e6c-5bb8-4c5b-9bfb-27d870294f8e

Fantasias encontradas na loja Sonho de Verão, em Maceió. Foto: arquivo pessoal

Da Itália Renascentista de meados do século XVIII, com suas fantasias e desfiles teatrais, aos homens que se vestiam com trajes femininos na Era Medieval, os festejos carnavalescos sempre contaram com uma grande diversidade cultural e histórica. Hoje, centenas de anos após as primeiras festas, o Brasil é conhecido como a terra do carnaval, pois além de carregar a herança de outros lugares, ainda possui características únicas do país. Uma delas é a diversão e a criatividade singular presente nas fantasias.

Nos carnavais de rua, como o realizado em Olinda, no estado de Pernambuco, é comum ver os foliões usando roupas e adereços com críticas a políticos, referências a memes e ideias diversas. Um desses foliões é a enfermeira Soraya Assis, que costuma ir à cidade pernambucana durante a época. Ela ressalta a importância das fantasias. “É o que caracteriza o Carnaval. A gente está fantasiado do que gosta, do que acredita. Sem as fantasias tiraria toda a essência do Carnaval. Acho muito importante, e inclusive é uma das partes mais divertidas, né? Quando estamos com os amigos, e as fantasias são em grupo, confraternizamos, dividimos ideologias,” afirma.

A chegada da festa também traz a expectativa sobre como serão as vendas neste ano para aqueles que comercializam itens carnavalescos. O presidente da Aliança Comercial de Maceió, Guido Santos, afirma que os números em 2020 devem ser positivos. “O aumento nas vendas, comparado ao mesmo período do ano passado, deve ser entre 10 e 12%,” diz.

0d7e4174-7f79-449e-b089-38b2b707aab9

Segundo Katia Maria Coelho, gerente da loja Festança, a procura dos consumidores por acessórios até o momento tem sido maior que em 2019. Foto: Gustavo Candido

Para Katia Maria Coelho, gerente da loja Festança, localizada no centro de Maceió, a procura dos consumidores por acessórios até o momento tem sido maior que em 2019. “A procura tem sido mais cedo. No ano passado a busca foi duas semanas antes da data. O pessoal misturou com a volta as aulas e o movimento acabou sendo depois da penúltima semana mesmo. Agora está sendo com até 40 dias antes,” conta.

Dez anos de uma relação com o Carnaval, através dos tecidos

5815a52e-cb33-432f-85d3-105ad2598dfd

Há 10 anos, Maria José, 59, trabalha com a confecção de fantasias. Foto: Gustavo Candido

Maria José, 59, trabalha há 30 anos com confecções e há pelo menos 10 decidiu focar suas atenções para as roupas temáticas. Ela é a proprietária da loja Sonhos de Verão, no bairro da Serraria. “Eu fui me moldando ao comércio. Trabalhava com moda, mas moda não dá mais, está muito competitivo. Com biquíni, mas moda praia é só uma temporada, depois passa.”

Ela conta que pesquisa ideias pela internet e ainda costura uma parte das peças. “Costuro e sou eu que faço os figurinos. Saio pesquisando por aí. O pessoal me acha no Google, porque vão lá e procuram por fantasias, aí ligam pra mim e dizem o que tão querendo. Nunca digo que não tem, porque tenho muitas peças. Chegando aqui você vai encontrar algo e compor o que busca.”

De acordo com Maria, as fantasias mais buscadas na Sonhos de Verão para o Carnaval de 2020 estão sendo as que possuem ligação com séries e filmes. Além delas, as que não contam com excesso de tecido, por conta da sensação de calor que tem sido muito intensa. “Mais procuradas tem sido as de filmes e séries, especialmente La Casa de Papel. Está na quarta temporada se não me engano, mas continua sendo procurada. Super heróis também. Com o calor muito grande as moças tem buscado saia de tule,” ressalta.


Comentar usando