Família denuncia maternidade por negligência que resultou em morte de bebê

Bebê foi dado como morto após a mãe parir em pé no corredor da Maternidade Santa Olímpia e bater a cabeça no chão

Família denuncia maternidade por negligência que resultou em morte de bebê

Bebê foi dado como morto após a mãe parir em pé no corredor da Maternidade Santa Olímpia e bater a cabeça no chão

Por Redação com informações do Já é Noticia | Edição do dia 16 de julho de 2021
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,,


Um bebê foi dado como morto após a mãe de 31 anos dar a luz em pé, no corretor da Maternidade Santa Olímpia, que pertence ao hospital Regional Santa Rita, em Palmeira dos Índios, Agreste de Alagoas. A tragédia aconteceu na quarta-feira (14), mas só foi denunciada para as autoridades na quinta-feira (15).

Segundo a mãe do bebê, Cristina de Oliveira, que reside no Povoado Sítio Serrote de Jacuípe, zona rural de Igaci, ela entrou em trabalho de parto e foi até a maternidade do município. No local, o medico plantonista não conseguiu detectar os sinais vitais do bebê, e encaminhou Cristina com urgência para a Maternidade Santa Olímpia, em Palmeira dos Índios, onde a equipe médica não teria atendido a mãe imediatamente.

De acordo com a denúncia da família, por conta da negligência dos profissionais de saúde, o bebê nasceu no corredor, caindo no chão.

Segundo o pai da criança, o mototaxista Erisvaldo Aristido, após 20 minutos do nascimento do bebê, ele foi avisado de que seu filho estava morto. A equipe médica não explicou o motivo do óbito.

Erisvaldo e Cristina cobram explicações da unidade de saúde para saber a verdadeira causa da morte de seu filho, se seu filho já estava morto ao nascer ou morreu por causa da queda no corretor da maternidade.

O corpo do bebê foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca, que deve investigar a causa da morte.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados