Exame de DNA comprova que corpo encontrado na Serraria não é o de Davi Silva

Por | Edição do dia 13 de novembro de 2015
Categoria: Blog, Notícias


Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira (13), a Perícia oficial de Alagoas divulgou que o resultado de DNA feito do corpo encontrado no bairro da Serraria, apontou que não é o do adolescente Davi Silva, de 17 anos, desaparecido após uma abordagem policial por agente da Radiopatrulha, no Benedito Bentes. O corpo foi encontrado em agosto de 2014, que poderia ser o suposto corpo do jovem.

O resultado do exame concluiu que não existe parentesco entre o corpo encontrado e o da mãe de Davi Silva, confirmando assim que o corpo não é o do jovem. A perícia recebeu três dentes retirados do cadáver para a investigação.

Para o exame, foram coletadas amostras de células da mucosa bucal da mãe do jovem desaparecido, Maria José da Silva, que desapareceu no dia 25 de agosto de 2014.

Essas mostras genéticas foram submetidas à amplificação e genotipagem para regiões do DNA que destacam a identificação humana.

Ainda nesta sexta-feira (13), será encaminhado para a delegacia que solicitou o exame, o laudo completo com todas as informações técnicas e conclusões do exame da perita Rosana Coutinho.

A família de Davi Silva já foi informada do resultado do exame.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados