Evento internacional virtual para ouvintes e surdos discute fortalecimento do Estado de Direito através da Educação

Evento internacional virtual para ouvintes e surdos discute fortalecimento do Estado de Direito através da Educação

Por Alyshia Gomes e Anderson Vitorino | Edição do dia 16 de fevereiro de 2021
Categoria: Opiniões | Tags: ,,,,,,,


As organizações internacionais estão desenvolvendo um importante papel na promoção da Educação Global. Podemos destacar o papel da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura). No entanto, como o trabalho de transformação social não se faz de forma isolada, estamos vendo uma participação cada vez mais importante de outros atores como, por exemplo, o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC).

Um dos resultados desta parceria está sendo apresentada em forma de iniciativa: “Global Citizenship Education for the Rule of Law: Doing the Right Thing”. Segundo as organizações mencionadas, o objetivo é de equipar os atores políticos, professores do Ensino Fundamental e Médio e educadores com as ferramentas necessárias ao empoderamento dos seus estudantes para a vida em sociedade, de forma a que se tornem agentes de mudança, eticamente responsáveis e construtivos, defendendo a justiça e a existência de instituições fortes.

Dentre tantas ações, a UNESCO e o UNODC organizaram um evento virtual marcado para o dia 18 de fevereiro. Neste caso específico, as organizações contarão com a participação da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa). Será uma oportunidade para discutir sobre como “Fortalecer o Estado de Direito Através da Educação: da Teoria à Prática”, bem como para celebrar o lançamento de duas publicações em português: “Fortalecer o Estado de direito através da educação: um guia para decisores políticos” e “Capacitar estudantes para sociedades justas: um guia para professores da educação secundária”.

Segundo os organizadores, a sessão de duas horas contará com a presença de autoridades governamentais, atores políticos dos setores da educação e da justiça, e ainda outras entidades de diferentes países de língua portuguesa, para refletir sobre os desafios, as tendências e as oportunidades de integrar os princípios do Estado de direito através da educação. Tudo será traduzido para Libras.

 

Quando? 18 de fevereiro de 2021 | 14h00-16h00 (hora de Lisboa)

 

Veja a programação completa:

13h00

Nota de boas-vindas

  • Joana Wrabetz, Coordenadora E4J para Países de Língua Portuguesa, e  Rodrigo Araújo, Ponto Focal E4J Brasil.
13h15

Sessão de abertura

  • Marco Teixeira, Coordenador do Programa Global para a Implementação da Declaração de Doha do UNODC.
  • Embaixador Francisco Ribeiro Telles, Secretário Executivo da CPLP.
  • Marlova Noleto, Representante da UNESCO no Brasil.
  • César Guedes, Representante da UNODC no Moçambique.
13h30

Apresentação da publicação “Fortalecer o Estado de direito através da educação: um guia para decisores políticos”

  • Maria Rebeca Otero Gomes, Representação da UNESCO no Brasil.
13h40

Apresentação da publicação “Capacitar estudantes para sociedades justas: um guia para professores da educação secundária”

  • Gilberto Duarte Santos, Coordenador do E4J para o nível secundário.
13h50

Painel interativo

Moderação: Marco Teixeira

Com a participação de:

  • João Boaventura Ima Panzo, Diretor da Ação Cultural e Língua Portuguesa, CPLP.
  • Luciana Ásper y Valdéz, Procuradora pública, Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios (MPDFT) e colaboradora das publicações da UNESCO/UNODC.
  • Dr. Elionora Helena B. Sousa, Diretora Nacional de Educação, Ministério de Educação de Cabo Verde.
  • Dr. Remane Sulemane, Director Nacional de Formação de Professores, Minisério de Educação e Desenvolvimento Humano de Moçambique.

Diálogo com participantes na conferência

14h50

Sessão de encerramento

  • Embaixadora Teodolinda Rosa Rodrigues Coelho, Representação Permanente de Angola para as Nações Unidas em Viena.
  • Embaixador António de Almeida Ribeiro, Representação Permanente de Portugal para as Nações Unidas em Viena.
  • Embaixador José António Marcondes de Carvalho, Representação Permanente do Brasil para as Nações Unidas em Viena.

As inscrições podem ser feitas até o dia 17 de fevereiro pelo site do evento.

 

ACOMPANHE AS INFORMAÇÕES SOBRE BOLSAS DE ESTUDO E OUTRAS OPORTUNIDADES  NO JORNAL “O DIA ALAGOAS” E NO SITE ‘O DIA MAIS“.

 

*** Alyshia Gomes escreve sobre Educação Internacional, Educação Global e temas correlacionados no jornal “O Dia Alagoas” e no site “O Dia Mais”. Dúvidas, comentários e sugestões, entre em contato através do email alyshiagomes.ri@gmail.com.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados