Evento acadêmico online discute direitos de pessoas surdas

Por Anderson Vitorino e Larissa Rebouças | Edição do dia 27 de setembro de 2020
Categoria: Opiniões | Tags: ,,


Dia 26 de setembro é  comemorado O Dia Nacional do Surdo, mês que relembra as lutas da comunidade surda e  suas conquistas. Em alusão às lutas considera-se o mês de setembro de Setembro Azul. É  um mês para se discutir os desafios, celebrar as conquistas e convidar a sociedade a pensar sobre a inclusão dos surdos na sociedade.

Ainda há muitas lacunas no que se refere à garantia de direitos, apesar de passados quinze anos da legislação que regulamenta os direitos da pessoa surda no Brasil.

O processo de inclusão de pessoas surdas na sociedade tem se mostrado problemático em muitos aspectos: na educação, faltam intérpretes e instrutores de Libras, a educação bilíngue, direito expresso na Lei da Libras regulamentada pelo Decreto 5.626/2005, tem sido pautada como a maior reivindicação da comunidade; no campo da saúde, é precária a acessibilidade oferecida nas instituições públicas, que não contam com intérpretes e profissionais fluentes em Libras; a problemática educacional, por sua vez, impacta a inserção da pessoa surdas no mercado de trabalho. Isso porque, embora as legislações tenham garantido o acesso, a acessibilidade para surdos diz respeito à difusão e aprendizagem da Libras.

Dessa forma, para reivindicar os direitos acordados na Lei Brasileira de Inclusão e nos documentos legais voltados à surdez, faz-se necessário dar voz aos principais envolvidos no processo, amplificando para a comunidade em geral.

 Por isso, o Núcleo de Estudos, Extensão e Pesquisa em Inclusão Educacional e Tecnologia Assistiva – NUPITA da Universidade Federal de Sergipe estará organizando uma atividade sobre “Desafios e Conquistas na Garantia de Direitos da Pessoa Surda” em colaboração com a Universidade Federal de Alagoas.

A proposta terá como metodologia a entrevista informal contendo perguntas abertas direcionadas a três professores surdos. A entrevista será feita por meio de plataforma de reunião on-line e a transmissão será veiculada em canal do Núpita  onde os participantes poderão interagir através de perguntas via chat ao vivo.

O evento acontecerá amanhã (28 de setembro), às 19h. A interpretação e tradução Libras-Português será feita por intérpretes.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados