Estudantes aprovam formação ofertada pelo Núcleo de Línguas Estrangeiras

Interessados nos cursos vislumbram novas oportunidades com o avanço do aprendizado aliado à valorização profissional

Estudantes aprovam formação ofertada pelo Núcleo de Línguas Estrangeiras

Interessados nos cursos vislumbram novas oportunidades com o avanço do aprendizado aliado à valorização profissional

Por Assessoria | Edição do dia 15 de novembro de 2021
Categoria: Educação, Maceió | Tags: ,,


Estudantes que vivenciam a experiência de participar da formação em línguas estrangeiras, ofertada pelo Núcleo de Línguas Estrangeiras, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), têm aprovado a experiência em sala de aula. Muitos falam da expectativa de utilizar os conhecimentos adquiridos no mercado de trabalho.

Com o intuito de democratizar o estudo de línguas estrangeiras, o Núcleo de Línguas há mais de 20 anos tem oferecido de forma gratuita, a formação em inglês, espanhol e francês, para todos aqueles que dispõem de interesse nas aulas. Alunos da rede municipal e pessoas em situação de vulnerabilidade social têm prioridade no momento da matrícula.

Núcleo de Línguas Estrangeiras oferta cursos gratuitos de idiomas para a comunidade. (Foto: Pâmela de Oliveira / Ascom Semed)

Realizado na Escola Municipal Doutor Henrique Equelman, no bairro Jacintinho, são inúmeros os relatos de estudantes que tiveram suas vidas profissionais transformadas após a passagem pelo curso.

Jeferson Simon é professor da rede municipal e coordenador do Núcleo de Línguas Estrangeiras. Ele fala da oportunidade de se proporcionar formação em línguas estrangeiras para estudantes que não teriam como arcar com cursos particulares.

“Exercemos aqui um trabalho totalmente gratuito voltado tanto para a rede municipal como para a comunidade. É uma experiência muito rica porque são estudantes que dificilmente teriam a possibilidade de arcar com o valor de um curso de língua estrangeira, e a Semed disponibiliza este curso de forma gratuita, dando a eles uma oportunidade”, afirmou o coordenador.

Moradora do Jacintinho, Vitoria Nataly, de 20 anos, está concluindo sua formação em língua inglesa e conta que procurou pelo curso buscando o domínio de uma língua estrangeira, para que pudesse contribuir na busca pelo início de uma vida profissional.

“Comecei o curso de Inglês porque eu gostaria de me desafiar a aprender algo novo. Quando eu entrei não tinha nenhum domínio sobre a língua e agora vou me formar. O estudo do Inglês abriu minha cabeça para novas oportunidades”, conta.

Já Renata Emily, de 17 anos, também moradora do Jacintinho, percebeu na formação, uma oportunidade para ampliar suas oportunidades no mercado profissional. “Eu já sabia um pouco de inglês, mas queria avançar mais ainda na língua, por isso procurei o curso. Dominar o inglês é muito importante para o mercado e agrega muito mais na qualificação profissional”, afirmou.

Renata Emily (Foto: Pâmela de Oliveira/ Ascom Semed)

Aos 13 anos, Luiz Gabriel, estudante da rede municipal, está no primeiro nível do curso de Língua Inglesa e já consegue perceber na formação uma chance de se firmar profissionalmente. “Eu soube do curso durante as minhas aulas on-line. Decidi participar e estou gostando muito de tudo que estou aprendendo e no futuro vai me ajudar quando estiver procurando por emprego”, disse.

Luiz Gabriel (Foto: Pâmela de Oliveira/ Ascom Semed)

Participar da formação de diversos estudantes e acompanhá-los nas conquistas profissionais é o que a professora da rede municipal, Joseli Rego tem feito nos últimos quatro anos de atuação no Núcleo de Línguas Estrangeiras. Com orgulho, ela fala da importância dos cursos ofertados.

Professora da rede municipal, Joseli Rego fala do orgulho em participar da formação de alunos. (Foto: Pâmela de Oliveira/ Ascom Semed)

“A oferta destes cursos tem uma grande importância na formação dos estudantes que passam pelo Núcleo de Línguas da Semed. Muitos deles, quando são empregados, se destacam no trabalho por ter domínio de uma língua estrangeira e isso, para nós professores, é muito gratificante”, disse a professora.

O Núcleo de Línguas Estrangeiras é um dos núcleos da Coordenadoria Geral de Centros e Núcleos, que tem à frente à professora e doutora Vera Pontes. Ela ressalta o papel social transformador desempregado pelo Núcleo de Línguas: “Investir na formação complementar das pessoas é ampliar as oportunidades de inserção no mundo do trabalho e nas relações socioculturais. Os egressos do Núcleo de Línguas têm a chance de qualificar sua formação e, com isso, alcançar novos horizontes na vida”, concluiu.

A abertura das inscrições para novas turmas está prevista para fevereiro de 2022. Cada idioma contará com quatro turmas, divididas entre os turnos matutino e vespertino, com limite de 30 estudantes por turma.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados