Estado toma medidas para prender agressores da final do Campeonato Alagoano

Forças da segurança pública trabalham de forma integrada para identificação dos possíveis acusados

Estado toma medidas para prender agressores da final do Campeonato Alagoano

Forças da segurança pública trabalham de forma integrada para identificação dos possíveis acusados

Por | Edição do dia 9 de maio de 2016
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,


Foto: assessoria

Foto: assessoria

O Estado de Alagoas está empenhado em tomar medidas cabíveis para a identificação e prisão dos agressores envolvidos nos atos violentos que aconteceram dentro do gramado no Estádio Rei Pelé no domingo (8) durante a final do Campeonato Alagoano de futebol no jogo entre CSA e CRB. À frente das ações, o governador Renan Filho assegurou que as forças de Segurança Pública trabalham duramente de forma integrada para elucidar o crime e responsabilizar os  acusados no episódio.

“Desde o acontecido, estamos todos dedicados a esclarecer o ato de selvageria que foi travado no Estádio Rei Pelé. Esta é a postura séria do Governo do Estado. De forma conjunta, as policias Civil e Militar em parceria com a Perícia Oficial e o Corpo de Bombeiro estão comprometidos em prender e condenar os agressores. O que aconteceu foi uma batalha campal, bandidos travestidos de torcedores que envergonharam todos nós alagoanos”, condenou Renan Filho.

Ainda em resposta aos atos de violência, o governador ressaltou o empenho do Serviço de Inteligência da Segurança Pública do Estado e dos demais órgãos relacionados em manter a ordem e a paz em Alagoas. Para isso, sobretudo neste momento, o governo assume uma conduta de enfrentamento necessária para garantir vida pacífica para toda a população.

“Foi uma pena ver um momento que seria de festa ser transformado em violência pelo comportamento de uma pequena parcela de torcedores que quebraram a paz. Alagoas não pode mais permitir isso. Toda a cúpula de segurança pública iniciou as investigações de maneira imediata já no final deste domingo com o objetivo de elucidar os fatos o mais rápido possível”, destacou o chefe do Executivo.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados