Esposa diz que cortou gastos após Stenio Garcia ser demitido pela Globo

Mulher de Stenio Garcia afirma que teve de cortar despesas após ator ser demitido pela Globo

Por Notícias ao Minuto | Edição do dia 12 de junho de 2020
Categoria: Conceito, Famosos | Tags: ,


Foto: Divulgação

Marilene Saade, mulher de Stenio Garcia, disse que eles tiveram que fazer cortes nas despesas da casa após o ator ser demitido da Globo.

Em entrevista para a Live das Venenosas nesta quinta (11), no canal do YouTube da Record, o casal disse que hoje vive com o dinheiro da aposentadoria de Stenio. Após 47 anos na Globo, emissora em que interpretou mais de 60 personagens, Stenio Garcia deixou o canal no final de março.

“Eu estou cortando tudo. Por exemplo, o Stenio é um cara que tem personal [trainer], não vai ter mais”, disse Marilene. Segundo ela, quando o marido era contratado da Globo, ele tinha uma assessoria financeira que cuidava de todos os gastos e pagamentos deles. Agora, é ela que faz esse trabalho.

Durante a conversa, o ator contou que segue amigo de Antonio Fagundes, que costuma dizer que o ator vai dar a volta por cima. Para Marilene, ninguém na Globo faria com Fagundes o “que fizeram com Stenio”. “Porque ele [Fagundes] não deixa, ele consegue se blindar, se impor na Globo, como ele faz isso eu não sei”, afirmou ela.

O ator afirmou também que não sabe se vai processar a emissora, porque “não gosta de brigar”. Marilene voltou a dizer que o motivo da demissão do marido foi a briga com Silvio de Abreu, diretor artístico de dramaturgia da emissora. “Eu não sei como a Globo deixou o Silvio de Abreu fazer isso, deixar um ator desses sem produzir para eles”, afirmou.

A desavença de Abreu com Stenio vem desde 1968, quando o ator traiu a sua então mulher e grande amiga do diretor e escritor, Cleyde Yáconis, morta em 2013.

“Foi um erro meu, que eu perdi perdão. Fui um homem inconsequente; eu me apaixonei e perdi essa grande mulher, maravilhosa, extraordinária, que eu amo até hoje, e que talvez tenha sido a mulher mais importante da minha vida”, disse Garcia, em entrevista ao F5 em abril. “Ele [Silvio de Abreu], como grande amigo dela, ficou com ódio de mim -e com razão, já que foi ele quem viu ela sofrer e esteve do lado dela”, contou ele, na ocasião.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados