Escola 10 visa proporcionar ensino de qualidade para todas as crianças

Programa integra redes municipal e estadual de Educação para a melhoria da aprendizagem nas escolas públicas

Escola 10 visa proporcionar ensino de qualidade para todas as crianças

Programa integra redes municipal e estadual de Educação para a melhoria da aprendizagem nas escolas públicas

Por | Edição do dia 18 de março de 2017
Categoria: Educação, Notícias | Tags: ,,,


(Foto: Valdir Rocha/Agência Alagoas)

(Foto: Valdir Rocha/Agência Alagoas)

“Educação é um trabalho solidário. Ninguém faz educação sozinho”. Foi com este pensamento que o vice-governador e secretário do Estado da Educação (Seduc), Luciano Barbosa, assinou o termo do Programa Escola 10, que visa integrar as redes de educação estadual e municipal e proporcionar melhorias na qualidade do ensino ofertado aos estudantes das escolas públicas de Alagoas.

“Noventa e cinco por cento das matrículas do 1º ao 5º ano está nas mãos das 102 prefeituras. Não há como a gente promover uma mudança de qualidade sem darmos as mãos. É um trabalho coletivo, de mutirão. O que interessa é colocar toda a criança alagoana na escola e fazer ela aprender a ler e escrever na idade certa”, explica o secretário Luciano Barbosa.

O programa do Governo do Estado foi lançado oficialmente nesta sexta-feira (17), pelo governador Renan Filho, no Teatro Gustavo Leite, localizado no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Jaraguá. Prefeitos, secretários municipais de Educação e educadores estiveram presentes ao evento para conhecer e aderir ao programa, cujo foco é no ensino fundamental, visando promover a alfabetização dos alunos até o 3º ano, combater a evasão escolar e reduzir a distorção idade-série (atraso escolar).

A cerimônia também contou com a presença do presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação em Alagoas (Undime-AL), Carlos Rubens Araújo; do presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Hugo Wanderley; da deputada estadual Jó Pereira; e do promotor Flávio Gomes de Barros.

Foto: Valdir Rocha/Agência Alagoas

Foto: Valdir Rocha/Agência Alagoas

Medidas

Entre as ações que serão tomadas pelo Governo do Estado para melhorar os índices educacionais e a qualidade de ensino da rede pública alagoana estão o investimento de R$ 30 milhões na aquisição do material de apoio e didático, premiação e pagamento de articuladores de ensino. Também haverá a realização de uma prova, que servirá como diagnóstico das dificuldades de aprendizagem dos estudantes alagoanos e que embasará a formulação de estratégias e políticas para sanar estas demandas.

O presidente da AMA relatou que o Programa Escola 10 trará de volta o sentimento de orgulho dos alunos da rede pública. “Sabemos o quanto os prefeitos querem contribuir para melhorar a educação em Alagoas. Precisamos nos orgulhar da qualidade do ensino público ofertado, como acontecia com os nossos pais. O programa vai estimular professores e alunos da nossa terra, que é a mesma terra de grandes pessoas como Nise da Silveira, Graciliano Ramos e Aurélio Buarque de Holanda”, finalizou o prefeito e presidente da AMA, Hugo Wanderley.

Programação 

Além da solenidade de lançamento do Escola 10, a Seduc ofertou aos presentes dois estandes voltados à Educação, onde eles puderam conhecer mais sobre a plataforma virtual de ensino QEduc e tirar duvidas sobre o Escola Web. 

Também foram ofertados aos servidores da Educação três ciclos de debates com os temas: “Territórios colaborativos pela Educação: uma escola centrada na aprendizagem”, ministrado pela pedagoga Cybelle Amado, do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP), da Bahia; “Educação Integral: aprendizagens e desenvolvimento integral”, ministrado por Natacha Costa, da Associação Cidade Escola Aprendiz; e “Estratégias de melhorias dos indicadores educacionais”, que será explanado por Raph Gomes, consultor da Fundação Lemann. 

Uma palestra sobre monitoramento, avaliação externa e uso de indicadores, ministrada pelo professor Wagner Rezende, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), também foi realizada.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados