Era isso que vocês queriam quando elegeram Bolsonaro?

Agora, passados quase três anos dessa tragédia anunciada, o país volta ao mapa da fome. Milhões dormem com suas barrigas vazias, enquanto os filhos do presidente compram mansões milionárias e vão gastar o dinheiro público em Dubai, nos Emirados Árabes.

Era isso que vocês queriam quando elegeram Bolsonaro?

Agora, passados quase três anos dessa tragédia anunciada, o país volta ao mapa da fome. Milhões dormem com suas barrigas vazias, enquanto os filhos do presidente compram mansões milionárias e vão gastar o dinheiro público em Dubai, nos Emirados Árabes.

Por Antonio Pereira | Edição do dia 21 de outubro de 2021
Categoria: Opiniões | Tags: ,,,,,,,,,,


Já falei aqui sobre a trajetória nada empolgante do ex-militar que foi expulso do Exército brasileiro por ter, entre outras coisas, planejado colocar bombas nos quartéis.

Jair Messias Bolsonaro até 2018 não passava de mais um deputado do chamado baixo clero, sempre convidado para participar de programas de televisão de terceira categoria, onde ia para animar a plateia com suas tiradas homofóbicas, machistas e outros istas.

Sim, esse senhor desprovido de qualquer empatia com o povo acabou sendo eleito para o maior cargo da República e destampado o bueiro de esgoto de onde saíram inúmeros ‘insetos’ políticos, dignos de uma ópera bufa de péssimo gosto.

Pois bem, apesar de todos os avisos, alertas, a grande mídia corporativa e as instituições não ouviram.

Agora, passados quase três anos dessa tragédia anunciada, o país volta ao mapa da fome. Milhões dormem com suas barrigas vazias, enquanto os filhos do presidente compram mansões milionárias e vão gastar o dinheiro público em Dubai, nos Emirados Árabes.

O país está destruído, em luto com mais de 600 mil mortos pela pandemia que o presidente amalucado e espertalhão ajudou a disseminar nos quatro cantos do Brasil com sua retórica genocida de negacionismo.

O que vamos fazer agora?.

Mais uma vez na sua história o Brasil terá que se reinventar, ressurgir das cinzas vulcânicas do bolsonarismo doentio.

Esse bando de senhores e senhoras da ultradireita raivosa, xenófoba e totalmente irritante levou esse imenso país ao caos absoluto.

Com suas narrativas baseadas em mentiras, o bolsonarismo veio para ficar. Bolsonaro vai passar, mas o bolsonarismo fica. Triste, mas é verdade. Fica cada dia mais claro que o Brasil deveria ter expurgado há décadas essas pessoas do mal que tanto trabalham para enojar a política. Vendem um discurso cristão, patriótico, mas não passam de abutres fuçando na carcaça apodrecida do sistema que vivemos.

Bolsonaro e seus bolsonaristas são a excrescência de tudo de ruim que a humanidade fabricou neste últimos dez mil anos de civilização.

Estou pessimista. Acredito que os humanos não aprenderam nada, mesmo depois de duas grandes guerras mundiais e tanto sangue derramado.

A sensação é de que o mal venceu e vai continuar vencendo, apesar da nossa resistência.

Só lamento.

Visite minhas redes sociais:

Facebook – https://www.facebook.com/toinhopereira

Instagram – https://www.instagram.com/toinho_pereira0748/

Twitter – https://twitter.com/antoniotoinho07

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados