Equatorial faz alerta sobre como evitar o superaquecimento de celular

Observar os sinais do aparelho pode contribuir para solução do problema e coibir acidentes graves

Equatorial faz alerta sobre como evitar o superaquecimento de celular

Observar os sinais do aparelho pode contribuir para solução do problema e coibir acidentes graves

Por Assessoria | Edição do dia 18 de março de 2021
Categoria: Alagoas | Tags: ,,


Foto: Assessoria

Como todo equipamento eletrônico, o celular deve ser usado com cuidado para evitar problemas que podem diminuir a vida útil do aparelho ou ocasionar acidentes com a rede elétrica e maiores prejuízos. Um sinal que merece atenção, é a alta temperatura do aparelho, também conhecida como superaquecimento, que pode ser consequência de alguns fatores. Com o objetivo de orientar os alagoanos, a Equatorial separou dicas essenciais de como identificar a situação e resolvê-la de forma segura.

Segundo o engenheiro eletricista da Equatorial Alagoas, Rodolpho Ribeiro, o primeiro passo é ficar atento aos sinais do aparelho e observar se o telefone está aquecendo mais do que o previsto. Ele também reforça, que é fundamental evitar a utilização de carregadores turbo que não são compatíveis à tecnologia do seu celular.

“Não adianta querer comprar carregadores turbo ou que prometem carregar o celular mais rápido. Se o seu aparelho não oferece a tecnologia de carga rápida, não adianta. Outra dica importante, é ter muito cuidado ao substituir baterias, caso necessário, procure sempre produtos de procedência originais e profissionais autorizados para esse serviço”, orienta Rodolpho.

O engenheiro também alerta, que ao carregar o celular é importante retirar a capa de proteção, que contribui para o resfriamento natural do telefone. “Se tem sempre o mesmo lugar que você costuma carregar, que esse local não seja susceptível a inflamar. Como por exemplo: mesinha de madeira, suporte de plástico ou cortinas. Você pode não ver e isso se propagar mais rápido, o que é muito perigoso”, completa.

Veja abaixo outras dicas para evitar o superaquecimento:

– Eletrônicos em geral não devem ficar no sol ou em ambientes muito quentes;

– Evite usar o aparelho enquanto ele estiver carregando. Se precisar atender a uma chamada ou enviar uma mensagem, desconecte-o da tomada;

– Só utilize carregadores originais. Apesar do preço atrativo, os carregadores de marcas paralelas podem danificar os celulares e expor o usuário ao risco de choque elétrico, explosões e princípios de incêndio;

– Atenção ao uso do famoso “T” (benjamim) para carregar o celular e ligar outros equipamentos eletrônicos. A utilização do objeto pode dar origem a um curto-circuito ou princípio de incêndio, se houver sobrecarga na instalação elétrica. O correto é usar filtro de linha como opção para ligar vários aparelhos ao mesmo tempo.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados