Equatorial Alagoas apoia movimento Maio Amarelo e faz alerta para acidentes no trânsito envolvendo postes de rede elétrica

Em 2020, distribuidora registrou 425 ocorrências em todo o estado

Equatorial Alagoas apoia movimento Maio Amarelo e faz alerta para acidentes no trânsito envolvendo postes de rede elétrica

Em 2020, distribuidora registrou 425 ocorrências em todo o estado

Por Redação com Assessoria | Edição do dia 10 de maio de 2021
Categoria: Alagoas, Notícias


Preocupada em contribuir com a valorização da vida e com o propósito de garantir a qualidade e segurança do fornecimento de energia aos seus clientes, a Equatorial Alagoas está mobilizada com ações do movimento internacional Maio Amarelo, que tem como principal objetivo colocar em pauta a segurança viária e a redução de mortos e feridos no trânsito. Nesse sentido, a empresa chama atenção para a quantidade de acidentes envolvendo postes da rede elétrica.

Um balanço realizado pela Equatorial, aponta que no ano de 2020 foram registradas 425 ocorrências de acidentes provocados por veículos automotivos contra postes da empresa. De acordo com o estudo da distribuidora, que atende cerca de 1,17 milhão de consumidores em 102 municípios do estado, Maceió lidera o ranking de acidentes com postes, totalizando 116 ocorrências de 2020 até março deste ano. Em segundo lugar vem Arapiraca, com 38 casos, e, na sequência, Marechal Deodoro, 27 com ocorrências.

Em quase todos os casos, uma das principais consequências é a falta de energia elétrica no local do acidente, e a depender da gravidade da colisão, pode afetar também o abastecimento de bairros inteiros até que seja finalizado o serviço de reparo dos componentes ou a troca do poste que pode levar, em média, de três a quatro horas, a depender da situação. O executivo de segurança do trabalho da distribuidora, Bruno Pimentel, enfatiza os principais prejuízos das batidas de veículos em postes.

“Nos indicadores de acidentalidade da Equatorial Alagoas, tivemos 52% dos eventos relacionados à trânsito. As consequências por esse tipo de acidente são grandes, não só para as pessoas que moram na área do acidente, como em locais onde tem imóveis que prestam serviços essenciais, como postos de saúde, hospitais, farmácias, delegacias, clínicas, lotéricas. Além disso, o recurso utilizado para repor a estrutura e os componentes danificados, poderia ser utilizado para ampliar as ações de melhoria da qualidade de energia fornecida aos alagoanos”, explica.

Em média, a substituição de um poste custa R$ 3 mil, mas pode chegar a R$ 44 mil. O custo varia de acordo com as condições da estrutura atingida: qual o tipo de poste, o que está instalado nele e qual a carga (energia) interrompida na área afetada. Quando é possível realizar a identificação do condutor ou do proprietário do veículo, ele é responsabilizado para arcar com os danos causados ao patrimônio da concessionária.

Principais causas e fatores

De acordo com os órgãos fiscalizadores de trânsito, estes acidentes geralmente ocorrem durante a madrugada ou finais de semana e as principais causas e fatores dominantes que contribuem para esse tipo de incidente são diversos e boa parte são provenientes da falha humana.

“O que temos observado, referente à acidente de trânsito envolvendo veículo automotor e objetos estáticos como por exemplo um poste, é o excesso de velocidade na via, o uso do celular ao volante, sonolência, mistura de álcool e outras drogas, a falta de manutenção preventiva no veículo, além de condições ambientais referentes à via como a pista molhada em dias de chuva, ressalta o diretor de operações de mobilidade da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) de Maceió, Ricardo Duarte.

Conscientização

Ao longo do mês de maio, a Equatorial Alagoas estará promovendo ações de conscientização internas, de forma virtual, por meio de palestras que serão ministradas por representantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da SMTT Maceió, voltadas para os colaboradores da distribuidora, que por sua vez, serão agentes multiplicadores após receberam o conhecimento adquirido e repassados para amigos e familiares.

Além das palestras que serão realizadas e que vão trabalhar temas relacionados à educação no trânsito, dicas de direção defensiva e os indicadores de acidentalidade, o cronograma de ações alusivas ao movimento Maio Amarelo desenvolvido pela empresa, também será marcado, no dia 27, pela campanha “Estacione com a ajuda do passageiro” que tem como objetivo estabelecer um procedimento para ser seguido no dia-a-dia, onde o colaborador que vai de carona, terá o dever de descer da viatura para orientar o motorista na manobra de estacionamento durante o serviço.

A Equatorial Energia Alagoas reforça aos clientes, que é fundamental que todas as ocorrências envolvendo a rede elétrica sejam registradas imediatamente na Central de Atendimento da empresa através do telefone 0800 082 0196 para que uma equipe técnica possa ir até o local para realizar os serviços necessários de recomposição da estrutura e restabelecer o fornecimento de energia.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados