Entidades se reúnem para debater possíveis soluções relativas a abordagens policiais

A reunião aconteceu entre OAB, SSP e Conseg

Entidades se reúnem para debater possíveis soluções relativas a abordagens policiais

A reunião aconteceu entre OAB, SSP e Conseg

Por | Edição do dia 30 de janeiro de 2020
Categoria: Ultimas Notícias | Tags: ,,,,


ccb88cf8-56ce-4620-8a8a-a85c386333b2

Nivaldo Barbosa Jr., presidente da OAB-AL. Foto: Divulgação

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB-AL), Nivaldo Barbosa Jr. esteve reunido com o secretário de Segurança Pública (SSP), coronel Lima Júnior, e com membros do Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg) para debaterem problemas e possíveis soluções relativas a abordagens policiais. O comandante-geral da Polícia Militar, Marcos Sampaio, e o promotor de Justiça, Magno Alexandre, também participaram do encontro.

Para Nivaldo Barbosa Jr., a reunião é determinante para traçar ações que elidam agressões entre militares e advogados, as quais tem se notabilizado nos últimos tempos.

O comandante geral da PM, Coronel Marcos Sampaio, destacou o respeito com a advocacia e o compromisso em apurar casos como tais, atendido o devido processo legal.

Durante reunião, o presidente Nivaldo Barbosa Jr. salientou que é irracional estabelecer uma guerra entre as forças públicas e a advocacia.

“Somos todos agentes da Justiça. É necessário preservar as prerrogativas da advocacia, como também de qualquer outra profissão. O respeito é uma via de mão dupla e é por isso que nos reunimos. Não estamos aqui para fazer acordo, mas sim para discutir soluções definitivas para essas situações. É preciso avançar!”, ressaltou o presidente.

O Secretário da Ordem, Leonardo Moraes, também participou da reunião e ficou responsável por providenciar a participação da OAB nos cursos de formação de militares. “Estamos também de braços abertos para receber policiais nos nossos cursos e capacitações. Somos instituições que devem trabalhar em conjunto e em harmonia, sem haver desrespeito com ninguém”, disse o secretário.

Por fim, o presidente da Ordem reafirmou seu compromisso em acompanhar e cobrar de perto todos os procedimentos que envolvam agressão a advogados(as) e violação às Prerrogativas. “Seja no CONSEG, seja nas Corregedorias, seja na Justiça, seja onde for, estaremos vigilantes”, finalizou o presidente.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados