Enfermeiros do HGE são treinados sobre o tratamento de feridas

As aulas serão dadas por profissionais em feridas complexas

Enfermeiros do HGE são treinados sobre o tratamento de feridas

As aulas serão dadas por profissionais em feridas complexas

Por Assessoria | Edição do dia 23 de julho de 2021
Categoria: Saúde | Tags: ,,,


Referência no trauma, com tratamento específico ao pé diabético e com pacientes acamados e suscetíveis a desenvolver úlceras por pressão, também conhecidas como escaras, o Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, conta com o Serviço de Atenção à Pele e a Feridas (SAPF), que, em conjunto com as outras especialidades, trata desses pacientes e deve passar por ampliação.

Para isso, os enfermeiros diaristas da unidade hospitalar estão sendo treinados em tecnologias aplicadas ao tratamento de feridas. “Eles estão estudando todo o processo cicatricial, as tecnologias que podem ser aplicadas em cada caso, coberturas, terapias coadjuvantes, como a hiperbárica, terapia de pressão negativa a vácuo e laserterapia”, salientou a enfermeira Rosário Albuquerque, responsável pelo SAPF do HGE.

Os enfermeiros também estão sendo atualizados no tratamento de feridas complexas, de difícil resolutividade, feridas cirúrgicas e traumáticas, enxertos, pé diabético e lesões por pressão, segundo informou a enfermeira. O treinamento, que iniciou na primeira semana de junho, acontece até a última de agosto, e garante 40 horas de estudos para os profissionais, com encontros semanais. A atualização está sendo ministrada por Rosário Albuquerque e enfermeiros, especialistas na área, convidados.

De acordo com Rosário, ao final de cada encontro, acontece uma exposição de coberturas, com diversidade de marcas, para o tratamento de feridas. A capacitação tem o apoio e parceria da Gerência do HGE, Coordenação de Enfermagem e educação permanente.

Assistência – O Serviço de Atenção à Pele e a Feridas do HGE conta com seis enfermeiras, quatro especialistas na área e uma auxiliar de enfermagem, que faz serviços burocráticos. Os profissionais seguem uma demanda programada, de acordo com as especialidades que solicitam o serviço, e realizam entre 15 e 25 atendimentos por dia.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados