Em teletrabalho, SPU do TJAL já executou 4.440 atos judiciais

Setor concentra o cumprimento de atos como mandados de citação e intimação de varas da capital e do interior

Em teletrabalho, SPU do TJAL já executou 4.440 atos judiciais

Setor concentra o cumprimento de atos como mandados de citação e intimação de varas da capital e do interior

Por | Edição do dia 2 de abril de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,


Caio Loureiro

Caio Loureiro

A Secretaria de Processamento Unificado (SPU) continua agilizando processos de 21 unidades do Judiciário de Alagoas, durante o período de recolhimento devido ao Covid-19. Já foram executados 52.538 atos judiciais neste ano, dos quais 4.440 no período de 19 a 31 de março, isto é, em regime de teletrabalho.

O setor concentra o cumprimento de atos como mandados de citação e intimação de varas da capital e do interior, sendo 19 criminais e 2 cíveis. O plano é passar a atender mais 11 varas cíveis ainda esse ano, abarcando mais 42 mil processos, que se somarão ao acervo atual de 34 mil.

O juiz coordenador da SPU, Hélio Pinheiro, ressalta que apesar dos desafios de se implantar repentinamente o teletrabalho para toda a força de trabalho, o Tribunal de Justiça está lidando bem com a situação.

“A Justiça de Alagoas tem dado exemplo de eficiência, isso graças à competência de seus administradores, à eficácia de nosso moderno parque tecnológico e ao empenho de todas as pessoas envolvidas na execução de suas tarefas via home office”, afirmou o magistrado.

“Estamos nos empenhando ao máximo para manter e até incrementar o ritmo de trabalho e a performance produtiva”, acrescenta o Hélio Pinheiro. “Acreditamos que, nesse momento de crise pelo qual passamos, a melhor forma de contribuir com a sociedade é trabalhando cada vez mais e melhor”.

Atualmente, a SPU conta com 46 servidores. A Secretaria tem a supervisão do desembargador Domingos Neto, que é coordenador do Comitê de Gestão de Tecnologia da Informação e Comunicação (Cgestic).

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados