PF e PM desarticulam laboratório de refino de cocaína no Agreste

Foram presas seis pessoas, além disso foram apreendidas cocaína e grande quantias de maconha e dinheiro

Por | Edição do dia 25 de novembro de 2015
Categoria: Blog | Tags:


Foto: Divulgação/ PF

Foto: Divulgação/ PF

Nesta terça-feira (24), uma operação conjunta das Polícias Federal (PF) e Militar (PM) prendeu seis suspeitos de envolvimento no refino de cocaína no estado.  A ação ocorreu em Arapiraca, Agreste alagoano, foram apreendidos 6kg de cocaína, uma quantidade de maconha e mais de R$ 10 mil. Também foram apreendidas duas motos, duas balanças de precisão e uma prensa hidráulica.

Um imóvel era utilizado como laboratório de refino de cocaína e crack, onde o material foi encontrado. O imóvel era também local de convívio entre vários grupos criminosos, onde pessoas que tinham conhecimento sobre processos químicos das drogas eram pagas para efetuarem os “trabalhos”.

Este não é o primeiro laboratório destinado a esse fim em Alagoas. Em 2008, o primeiro laboratório foi encontrado no bairro do Graciliano Ramos, parte alta da capital.

Os suspeitos presos durante a operação vão responder por tráfico de drogas, fabricação de substâncias entorpecentes e seus maquinários e associação para o tráfico de drogas.

Os seis presos fizeram o exame de corpo de delito e foram encaminhados para o sistema prisional de Alagoas.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados