Em jogo marcado por falhas individuais, CRB perde para o Paraná por 2 a 0

Por Thiago Luiz | Edição do dia 14 de setembro de 2020
Categoria: Esportes, Futebol Alagoano | Tags: ,,,,


CRB perde o jogo em falhas individuais. Foto: Rui Santos/Paraná Clube

Na vila Capanema, Paraná e CRB se enfrentaram para tentar se manter povoando a parte de cima da tabela. O recém-chegado Moacir já começou fazendo a dupla de volantes com Claudinei. O time da casa começou sufocando a saída de bola do Galo assim que a bola começou a rolar. Com o domínio do jogo, o Paraná fez o dever de casa e bateu o Regatas por 2 a 0.

Logo no comecinho, a pressão paranista deu certo e por pouco Salazar não abre o placar. E o ataque tricolor seguiu em cima. Só aos 30 minutos o Galo começou a sair pro ataque e começou a subir as linhas.

Mas aos 39 o Paraná chegou com perigo. Marcelo cortou Reginaldo e deu um tapa de perna direita. A bola “beijou” o travessão.

E na bola parada, o time da casa cobrou escanteio, Victor Souza tentou cortar, mas não achou nada. A bola sobrou para o zagueiro Fabrício, que dominou no peito e encheu o pé esquerdo para fazer 1 a 0.

O capitão paranista queria mais. Da intermediária, o camisa 4 bateu uma bomba e fez o goleiro do Galo trabalhar outra vez.

Na segunda etapa, Marcelo Cabo apostou na ofensividade. Tirou Luidy e colocou Magno Cruz. Iago Dias, outro estreante, entrou no lugar de Bill.

Mas logo no primeiro minuto Reginaldo Júnior deu um vacilo e a bola não chegou no Gum. O ataque do Paraná não quis saber. Na sobra, o volante Higor Meritão bateu, bola ainda pegou no travessão, mas passou da linha para ampliar o placar.

Mesmo com o gol, o time paranista não deu descanso. A marcação continuava fazendo pressão ainda no campo de ataque. Por outro lado, a defesa do CRB parecia estar perdida. Batia cabeça o tempo todo e não conseguia sair jogando.

Aos 20 da segunda etapa, Marcelo Cabo tirou o volante Moacir e colocou Felipe Menezes.

E no ataque, Léo Gamalho deixou o meia de cara pro gol. Menezes bateu forte, mas mandou pra fora, desperdiçando uma boa chance.

Restou ao Paraná controlar o jogo. Sem muitos sustos do ataque regatiano, o time da casa administrou bem a partida.

Aos 41, Igor Cariús cruzou na área paraa Diego Torres. O argentino desviou a bola, mas parou na defesa do goleiro Alisson.

Ainda aos 46, de novo o lateral-esquerdo mandou para Léo Gamalho, que desviou de cabeça para o meio da área. Magno Cruz cabeceou em cima do goleirão paranista.

Mas não deu tempo para mais nada. O Paraná venceu por 2 a 0 e voltou à liderança da Série B. Já o CRB volta a campo na quinta-feira, para enfrentar o Juventude, pela quarta fase da Copa do Brasil, no Alfredo Jaconi.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados