Em entrevista a TV Cidadã, Rodrigo Cunha fala sobre projeto que autoriza pagamento de precatórios do Fundef para professores

De acordo com a legislação, poderes municipais e estaduais devem repassar ao menos 60% para a valorização do magistério

Em entrevista a TV Cidadã, Rodrigo Cunha fala sobre projeto que autoriza pagamento de precatórios do Fundef para professores

De acordo com a legislação, poderes municipais e estaduais devem repassar ao menos 60% para a valorização do magistério

Por Assessoria | Edição do dia 25 de março de 2021
Categoria: Política | Tags: ,,,


A TV Cidadã, do Tribunal de Contas de Alagoas, recebeu o senador Rodrigo Cunha. Na nova edição do TC News, o parlamentar contou sobre o projeto que autoriza pagamento de precatórios do Fundef para professores.

Durante sessão conjunta do Congresso Nacional , os parlamentares derrubaram o veto presidencial ao dispositivo da lei nº 14057/2020, que impedia a distribuição dos recursos oriundos do Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério).

Entre 1998 e 2006, quando o Fundef foi substituído pelo atual Fundeb, o governo federal deixou de repassar R$ 90 bilhões para os estados e municípios, que ganharam na Justiça o direito ao recebimento dos recursos.

Está na legislação, estados e municípios devem repassar, pelo menos, 60% do Fundo para valorização do magistério. “Essa lei dá uma segurança jurídica para os gestores, referente aos recursos do precatório do FUNDEF. Recursos esses que já estão nos cofres dos municípios, aguardando a destinação”, explica Rodrigo Cunha.

Acompanhe a edição completa do TC News na programação da TV Cidadã (canal 35.2), no Facebook e Youtube

Veja o vídeo:

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados