Em comunicado, Messi contesta pedido de prisão

O craque do Barcelona recebeu o pedido de prisão por parte do juiz da cidade Catalunha de Gavà e irá ao tribunal juntamente com seu pai

Por | Edição do dia 9 de outubro de 2015
Categoria: Esportes


Em comunicado oficial, por meio da empresa que gere sua carreira, Lionel Messi reagiu ao pedido de prisão protocolado por autoridades espanholas, nesta quinta-feira. O jogador foi absolvido de acusações de evasão fiscal que foram direcionadas a seu pai há dois dias atrás, mas teve a denúncia mantida pelo Procurador do Estado, que o acusa de fraude de 4,1 milhões de euros (R$18 milhões).

O craque do Barcelona recebeu o pedido de prisão por parte do juiz da cidade Catalunha de Gavà e irá ao tribunal juntamente com seu pai. Caso seja condenado, o atleta pode passar quase dois anos na cadeia (22 meses e meio).

Apesar da investigação do Ministério Público ter apontado o pai de Messi como responsável pelos delitos, o jogador continua na mira da Justiça. Mesmo com o parecer favorável a Messi, a Receita Federal optou por manter a acusação por indicação do juiz do processo. A situação de Jorge Horacio Messi, no entanto, é pior, e o MP solicita reclusão de 18 anos.

Messi é acusado de fraude fiscal na Espanha

Messi é acusado de fraude fiscal na Espanha

Confira a íntegra do comunicado divulgado pelo craque argentino:

“A empresa que faz a gestão dos direitos de imagem de Leo Messi, Leo Messi Management SLU, diante das informações surgidas nesta quinta-feira da solicitação da advocacia do estado de pretender acusar Lionel Messi por fraude fiscal nos anos de 2007, 2008 e 2009, quer se manifestar:

– O Ministério Público não acusou a Lionel Messi no último dia 25 de setembro de qualquer delito fiscal. Em seu comunicado, o MP explicou amplamente os motivos que o levaram a não acusar a Lionel Messi.

– A Advocacia do Estado contradiz a solicitação e o critério do MP. O comunicado da Advocacia foi apresentado em 8 de julho, enquanto o do Ministério Público é de data posterior, 25 de setembro.

– A Advocacia do Estado represente os interesses da Agência Tributaria, enquanto o MP é um órgão de relevância constitucional, integrado e com autonomia funcional no poder judicial.

– A pena solicitada pela Advocacia do Estado não implica em seu cumprimento efetivo.

Nas próximas semanas, a defesa de Lionel Messi terá a oportunidade de apresentar sua defesa em juízo, e as provas que considerem oportunas, que corroboram que a posição do Ministério Fiscal, de não acusar Lionel Messi, é correta”.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados