Editais premiam projetos de produção cultural e audiovisual

Editais premiam projetos de produção cultural e audiovisual

Por Assessoria | Edição do dia 27 de outubro de 2020
Categoria: Cultura | Tags: ,


A Secretaria de Estado da Cultura de Alagoas (Secult/AL), está entregando os dois últimos editais do pacote de fomento da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, que estabelece ações ao setor cultural como medida de enfrentamento à pandemia pela covid-19. Os prêmios Professor Elinaldo Barros e Produção Cultural visam reconhecer, valorizar e incentivar as práticas artísticas. As inscrições são gratuitas

Totalizando mais de R$ 5 milhões em investimentos para 267 projetos culturais, os editais Elinaldo Barros e Produção Cultural se somam aos 15 lançados no Diário Oficial da última terça-feira (20), tendo suas inscrições até os dias 04 e 09 de dezembro, respectivamente.

O prêmio Elinaldo Barros é um concurso para seleção e premiação para o segmento de audiovisual tem como finalidade fomentar o setor em Alagoas fundamentadas em suas trajetórias e está destinado a produção de filmes de quarentena, compra de licença, curtas inéditos, festival de cinema e projetos.

Já o prêmio de Produção Cultural visa reconhecer iniciativas de eventos que busquem manter vivas as tradições da cultura alagoana movimentando a cadeia produtiva da produção cultural em Alagoas, tais como: festivais; eventos; feiras; shows; concursos; congressos; atividades de formação para produção cultural, experimentais, promoção cultural e etc.

Os interessados devem acessar os editais disponíveis no site da Secult www.cultura.al.gov.br e preencher os requisitos e documentações solicitados em cada certame. Os proponentes devem se cadastrar através do sistema online CUCA – Cadastro Único da Cultura Alagoana , no link https://cuca.al.gov.br; ou de forma presencial, de segunda à sexta, das 10h às 14h, na sede da Secretaria de Estado da Cultura, localizada na Praça Marechal Floriano Peixoto, s/n, Centro, Maceió – AL. As dúvidas quanto aos editais devem ser encaminhadas para o email: duvidaseditaissecultal@gmail.com

EDITAIS LEI ALDIR BLANC ALAGOAS

Ao todo, 17 certames irão investir R$27.520.000,00 em diversos segmentos culturais. São eles: música, artesanato, literatura, cultura e manifestação popular, projetos culturais, pontos, coletivos e espaços culturais, artes visual e digital, artes cênicas, patrimônio e audiovisual.

A secretária Mellina Freitas destaca-se que os editais não exigem certidões negativas, possuem recorte e distribuição de vagas resguardando a territorialidade, povos, comunidades tradicionais (afrodescendentes, povos indígenas, povos ciganos e outros) e comunidade LGBTQI, e o limite de recebimento de até duas premiações para pessoa física e duas premiações para pessoa jurídica “Buscamos desburocratizar os certames que foram construídos em diálogo com a classe artística, demonstrando o compromisso do governo em amparar os fazedores da cultura”, afirmou.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados