É falso que Secretaria de Saúde de Maceió rastreia movimentação de usuários

Órgão diz que não realiza esse tipo de fiscalização e que não envia mensagens de textos aos usuários

É falso que Secretaria de Saúde de Maceió rastreia movimentação de usuários

Órgão diz que não realiza esse tipo de fiscalização e que não envia mensagens de textos aos usuários

Por Agência Alagoas | Edição do dia 11 de maio de 2020
Categoria: Maceió, Notícias | Tags: ,,


Foto: Reprodução

Circula em grupos de WhatsApp um áudio, junto com uma mensagem de texto, que supostamente teria sido enviada pela Secretaria de Saúde de Maceió, com uma “advertência de locomoção indevida”. De acordo com a mensagem, a secretaria estaria rastreando quem descumpre o decreto municipal e estadual, que determinam o isolamento social. A informação é falsa, segundo a Secretaria de Saúde.

“Hoje eu fui dar uma caminhada de 6 quilômetros aqui na Ponta Verde, pelas ruas, pelas calçadas. […] Acabei de receber uma mensagem da Secretaria Municipal de Saúde dizendo que eu fui identificado em uma movimentação anormal e que aquilo ali está me alertando e da próxima vez eu serei autuado. Estamos totalmente filmados”, relata o homem que gravou o áudio.

Em nota, a Secretaria de Saúde de Maceió disse que não realiza esse tipo de fiscalização e que não envia mensagens de textos aos usuários para falar sobre possíveis infrações aos decretos em vigor.

A mensagem de texto, que acompanha o áudio, diz ainda que o rastreamento foi feito com acesso ao IOS e WhatsApp, e que se flagrado novamente desobedecendo as medidas em vigência, o indivíduo será conduzido para a delegacia, onde será autuado e responderá por crime contra a saúde pública. Junto da mensagem, há um número de telefone para tirar dúvidas.

O número para tirar dúvidas, citado na mensagem, não pertence à Secretaria de Saúde, mas sim à Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs), que também disse não realizar esse tipo de fiscalização. Confira a nota na íntegra.

A mensagem afirma que os dados sobre a movimentação teriam sido obtidos pelo WhatsApp, o que não seria possível, já que o conteúdo do aplicativo é criptografado, o que garante segurança e privacidade aos usuários.

“A criptografia de ponta a ponta do WhatsApp garante que somente você e a pessoa com quem você está se comunicando podem ler o que é enviado. Ninguém mais terá acesso a elas – nem mesmo o WhatsApp. As suas mensagens estão seguras com cadeados e somente você e a pessoa que as recebe possuem as chaves especiais necessárias para abri-los e ler as mensagens”, menciona a área de perguntas frequentes do próprio WhatsApp.

Alagoas Sem Fake

Com foco no combate à desinformação, a editoria Alagoas Sem Fake verifica, todos os dias, mensagens e conteúdos compartilhados, principalmente em redes sociais, sobre assuntos relacionados ao novo coronavírus em Alagoas. O cidadão poderá enviar mensagens, vídeos ou áudios a serem checados por meio do WhatsApp, no número: (82) 98161-5890. Clique aqui para enviar agora.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados