Boa Tarde!, Terça-Feira - 19 de Novembro de 2019

 

Dois casos de violência contra a mulher foram registrados nesta quinta-feira, 7

Redação / 10:11 - 08/11/2019

Em um dos casos, o acusado ainda foi flagrado em posse de um revólver .38


violência-doméstica

Foto: Divulgação / Internet

Dois casos de violência contra a mulher foram registrados nesta quinta-feira, 7, pela Polícia Militar de Alagoas (PM/AL). O primeiro foi registrado no município de Coqueiro Seco e o segundo caso, no município de Pilar. Em ambos os casos, os acusados foram autuados com base na Lei Maria da Penha.

Segundo o relatório do Centro Integrado de Operações (Ciosp), por meio de denúncia, o caso em Coqueiro Seco foi descoberto. O acusado Luís Antônio da silva, 49, teria agredido uma mulher de 30 anos, que não teve a identidade relevada.

Ao chegar ao local indicado, a guarnição de Coqueiro seco, pertence ao 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM), constatou marcas de agressões na vítima. Quando os agentes foram ao encontro de Luís Antônio, ele estava em sua residência e em posse de um revólver .38, com seis munições intactas.

Os envolvidos foram encaminhados pelos agentes até a Central de Flagrantes 1, no bairro Farol, em Maceió e o acusado foi autuado em flagrante com base na Lei Maria Penha, por lesão corporal, e por posse de arma de fogo.

O segundo caso, que aconteceu na Chã do Pilar, próximo ao Posto 6, também contou com uma vítima com sinais de agressão quando a guarnição motorizada de Pilar esteve no local para constatar o fato.

O acusado, identificado como Sebastião Marinho de Almeida, 32, foi conduzido à Central de Flagrantes 1 e autuado em flagrante por ameaça e lesão corporal com base na Lei Maria da Penha, por ter vitimado uma jovem de 20 anos.


Comentar usando