DNA de suspeito de estuprar funcionária de loja do bairro Farol deu positivo, afirma PC

Por Redação* | Edição do dia 30 de junho de 2020
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,,,


Imagem do acusado no dia em que os crimes foram registrados. Foto: Reprodução / Vídeo

A Polícia Civil de Alagoas divulgou, nesta terça-feira, 30, que uma amostra do DNA do acusado de cometer estupro a uma funcionária de uma loja no bairro Farol, em Maceió, no último dia 8, foi encontrada na vítima. Além do abuso sexual, o homem é acusado de ter roubado produtos da loja. Ele foi preso um dia após cometer os crimes.

A Polícia Civil, que investiga o caso, contou que amostras genéticas foram colhidas da vítima e que o resultou do exame confirmou que elas foram deixadas pelo acusado.

No dia do crime, a vítima estava chegando no seu local de trabalho, quando um homem a rendeu e a levou para dentro da loja. No local, ele a trancou em uma sala e a estuprou. Depois, a vítima foi mantida trancada, enquanto o acusado levava produtos da loja e fugia. Posteriormente, outra funcionária da loja chegou ao local e, após ouvir gritos vindos da sala, encontrou a vítima, que contou o que tinha acontecido.

Uma câmara de vigilância que fica na rua onde a loja está localizada, registrou imagens do acusado fugindo do local. Um dia depois, ele foi encontrado pela polícia na rodoviária de Maceió, prestes a fugir.

 

*Com informações do Cada Minuto.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados