Dia dos Pais: professor da Semed é exemplo de pai, amigo e educador

Emanuel Tenório Cavalcanti dedica horas para gravar aulas em um pequeno estúdio que montou na sala de casa

Por Assessoria | Edição do dia 9 de agosto de 2020
Categoria: Maceió, Notícias | Tags:


Servidor da Secretaria Municipal de Educação (Semed) desde 1996 e há 20 anos lotado na mesma unidade de ensino, a Escola Municipal Hévia Valéria, no Village Campestre, o professor Emanuel Aristides Tenório Cavalcanti é um exemplo de profissional da educação. A família é o melhor respaldo para traçar seu perfil. De acordo com esposa e a filha mais velha, sempre dedicado, o professor Tenório, como é conhecido, está sempre estudando a fim de se aprimorar naquilo que ele abraça.

Professor da disciplina de Artes, Tenório concluiu recentemente o mestrado na área de tecnologias. A qualificação está sendo útil nesse período de pandemia do novo coronavírus, que tem provocado o isolamento social. Ele prepara aulas que são transmitidas pelo canal dele no YouTube, onde tem mais de 1.200 seguidores, são usadas no projeto Rádio Escola, veiculado diariamente pela Rádio Difusora de Alagoas, e também difundidas pelos aplicativos Spotify e Deezer. Para garantir a qualidade do trabalho que produz, Tenório investiu e montou um pequeno estúdio em casa.

Tudo é cuidadosamente observado para oferecer o melhor para os alunos. “Eu tenho cuidado com a acústica, com a qualidade do som e também o visual. Utilizo sempre um chroma-key, microfone unidirecional, computador de alta performance, para que tudo saia perfeito”, explica ele. O chroma-key é uma técnica de efeito visual que consiste em colocar uma imagem sobre uma outra por meio do anulamento de uma cor padrão. É muito utilizado pelas emissoras de televisão.

A dedicação de Tenório é tanta que já participou da instalação e fundação de várias escolas e faculdades, tanto na capital quanto no interior de Alagoas. E aí são muitas as histórias a contar. “Uma que mais me emociona é de uma aluna – cujo nome vou omitir – que estava com a filhinha de colo, mas que chorava muito. Essa garota estava prestes a desistir de frequentar a escola e eu fiz um desafio. Eu daria as minhas aulas com a filha dela no colo. Se a criança ficasse caladinha, ela permaneceria na escola. E eu consegui. Venci o desafio e aquela jovem continuou seus estudos”, conta ele.

Outras histórias que o marcaram são os socorros que precisou prestar a alunos, por mais de uma vez. “Começaram a chamar meu carro de ambulância”, diz ele, entre risos. “Mas não posso negar o atendimento a um aluno”, acrescenta Tenório. “Professor, muitas vezes, é pai de filho órfão de pai vivo”, relata ele.

Aos 54 anos, Emanuel Tenório Cavalcanti já passou por momentos que precisaram muito do apoio da família. Em 2007 enfrentou um câncer de pulmão e, com disciplina e ajuda dos filhos e da esposa, conseguiu realizar o tratamento e a cura da doença. Recentemente, foi infectado pela Covid-19 e deu mais um susto nos familiares e amigos. Com dificuldade para respirar e outros problemas provocados pela doença, precisou de internação e ficou hospitalizado por 15 dias.

Quem fala sobre isso é a filha, Raquel Lima Tenório Cavalcanti, de 24 anos. “Isso aconteceu depois de um período de forte estresse, que foi a conclusão do mestrado dele e interferiu na imunidade. Foram dias muito difíceis”, relata.

A filha, porém, prefere falar sobre Emanuel Tenório pai. “É muito leal, extremamente dedicado à família, a mim, aos meus três irmãos. É responsável, atento às nossas necessidades. É um exemplo de força, de caráter e para se espelhar, porque está sempre buscando se qualificar e se superar”, completa Raquel.

Casada com Tenório, Andréa de Barros Pereira Tenório Cavalcanti também é professora e testemunha a dedicação do marido à educação, além da parceria com a família. “Ele é muito presente em nossas vidas. Está sempre preparando suas aulas e ajuda a outros professores que o procuram. Eu mesma já precisei gravar aulas e ele me orientou sobre como ter um resultado final satisfatório”, revela.

E para preparar o material que será enviado aos alunos sem precisar interferir no cotidiano familiar, Andréa diz que o professor Tenório é prático. “Muitas vezes, somente depois que as crianças vão dormir é que ele começa o trabalho para o dia seguinte. Porque quando está com elas, esse professor é só brincadeira com os meninos”, diz Andréa, entre risos. “E para esse Dia dos Pais, o presente já está comprado, pois reflete todo o nosso carinho e atenção para com esse homem que é, para nós, profissional, chefe de família, pai responsável, amigo, conselheiro, parceiro e sempre presente em nossas vidas”, conclui Andréa

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados