Após denúncias, Vigilância Sanitária e PM interditam abatedouro clandestino

Denúncias foram feitas no WhatsApp pelo pré-candidato a vereador, Edinho Queirós

Após denúncias, Vigilância Sanitária e PM interditam abatedouro clandestino

Denúncias foram feitas no WhatsApp pelo pré-candidato a vereador, Edinho Queirós

Por Assessoria | Edição do dia 4 de maio de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,,


Após denúncias feitas nas redes sociais a Vigilância Sanitária (VISA) e a Polícia Militar interditaram um abatedouro clandestino na comunidade Algodãozinho em Palmeira dos Índios. Além das péssimas condições sanitárias, o responsável pelo estabelecimento não apresentou a documentação que autorizava o seu devido funcionamento. “Esse tipo de abatedouro clandestino é um risco a saúde pública” disse o secretário de Agricultura, Luciano Monteiro.

Agentes da VISA e a PM abordaram um cidadão conhecido por “Édson do frango” que teria sido denunciado pelo pré-candidato a vereador, Edinho Queiróz numa rede social (WhatsApp). O mais grave nisso tudo é que o responsável pelo abatedouro clandestino comercializa frango caipira em vários bares e restaurantes da cidade. No momento da abordagem “Édson do frango” não apresentou o SIM, documento obrigatório para comercializar ou distribuir produtos de origem animal no mercado municipal.

A VISA alerta à população para redobrar os cuidados com alimentos de origem animal sem procedência. “Nossa missão é coibir essa prática criminosa e que pode causar danos irreparáveis a saúde da população. Tomamos conhecimento desta denúncia e de imediato agimos” finaliza o coordenador da Vigilância Sanitária, Fabiano.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados