Democracia nas últimas: PSB quer que PM impeça votação do governador-tampão

Democracia nas últimas: PSB quer que PM impeça votação do governador-tampão

Por A Notícia Alagoas | Edição do dia 29 de abril de 2022
Categoria: Alagoas, Política, Ultimas Notícias


A democracia está se derretendo no país. E Alagoas já sente esse reflexo. Diversas manobras estão sendo feitas pelo PSB para que a eleição do governador-tampão seja adiada e não aconteça dentro do prazo estimado.

A sigla judicializou o pleito e conseguiu parecer favorável a partir da decisão da juíza da 18º Vara da Fazenda Pública Estadual, Esther Manso. Porém, a Casa de Leis alagoana manteve a eleição para o dia 2 de maio, conforme vigência regimental. Mas, o PSB não ficou quieto e ingressou com novo pedido à magistrada.

“Este Partido autoral judicializou a presente demanda para que reste oportunamente demonstrada a ilegalidade e inconstitucionalidade dos atos perpetrados pelos réus que criaram lei e editaram instrumento convocatório em clara desconformidade com o ordenamento jurídico vigente em verdadeiro desvio de finalidade cujo intento é a perpetuação no Poder. Por entender presentes os motivos autorizadores de pleito provisório, o pedido de tutela provisória de urgência fora devidamente manejado”, destacaram os advogados da sigla.

E para conseguirem impedir a votação, o PSB sugeriu o uso de força policial. “Que seja estabelecida astreintes no valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais) por dia de descumprimento a ser aplicada em nome da pessoa física do Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Alagoas; que seja expedido ofício ao Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de Alagoas a fim que as forças policiais se façam presentes desde as 08 (oito) horas da próxima segunda-feira (02/05/2022) no plenário da Assembleia Legislativa do Estado de Alagoas a fim garantir o cumprimento da ordem exarada por este Juízo”, solicitaram.

Sim, querem que a PM impeça o trabalho do Legislativo.

Clique para acessar o 1_5143479183866855831.pdf

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados