Delegada diz que há tendência de mudança para homicídio doloso em caso de atropelamento na Fernandes Lima

No total, duas pessoas morreram e uma ainda se encontra internada

Delegada diz que há tendência de mudança para homicídio doloso em caso de atropelamento na Fernandes Lima

No total, duas pessoas morreram e uma ainda se encontra internada

Por Redação* | Edição do dia 27 de julho de 2021
Categoria: Justiça, Polícia | Tags: ,,,,


Motorista invadiu a contramão e atropelou pelo menos três motociclistas. Foto: Redes sociais

A delegada Scheila Carvalho, responsável pela Delegacia de Acidentes da Capital, afirmou na última segunda (26), que há uma tendência de mudança na qualificação do homicídio culposo para doloso (quando há intenção de matar) causado pelo bancário S.P, que vitimou duas pessoas e deixou uma ferida na avenida Fernandes Lima, na última sexta-feira (23).

Leia também:
VÍDEO: Motorista embriagado invade contramão, atropela motociclistas e deixa um morto
É grave estado das vítimas atropeladas na Fernandes Lima
Homem que atropelou e matou motociclista não é parente de desembargador 
Imagens da SMTT mostram exato momento de acidente na Fernandes Lima
Bancário que atropelou e matou motociclistas na Fernandes Lima tem prisão decretada
Bancário que causou acidente fatal na Fernandes Lima vai responder por homicídio doloso
Justiça nega liberdade a bancário que causou acidente na Fernandes Lima

A informação foi repassada em uma entrevista da delegada ao Balanço Geral Alagoas, que exibiu a entrevista na manhã desta terça (27). Segundo Scheila, o acusado possivelmente estava dormindo e seguiu na contramão até atingir os motociclistas.

Foto: Reprodução

A delegada afirmou que a investigação está analisando também as imagens que mostram o suspeito ingerindo bebida alcoólica em uma festa de um famoso policial militar, considerado um influencer digital no estado.

“Possivelmente ele estava dormindo, ali ele teria tirado meia hora para dormir e depois seguiu na contramão. Conseguimos na sexta-feira imagens, vídeos e fotografias do local da festa em que ele se encontrava, uma festa de aniversário, onde realmente demonstra que ele ingeriu bebida alcoólica. A mesma bebida que foi encontrada no carro, no veículo dele. Ele foi autuado por homicídio culposo, agora são dois homicídios porque até então não tinha havido a morte da segunda vítima. Dois homicídios e lesão corporal culposa de trânsito. A gente pode mudar o entendimento para homicídio doloso, há uma tendência para isso, de acordo com as provas, estamos analisando todas as provas que a gente obteve. Só que esse entendimento, o MP não está preso a esse entendimento, ele pode simplesmente continuar com entendimento que foi homicídio culposo, como ele pode, entendendo que foi homicídio doloso, levar o caso para a vara do júri”, disse a delegada em entrevista exibida na TV Pajuçara.

Atualmente o acusado está respondendo por homicídio culposo e lesão corporal culposa, quando não há intenção dos danos. Segundo a delegada, a Polícia Civil tem 10 dias para concluir a investigação.

Ainda de acordo com Scheila Carvalho, desde sexta-feira o órgão colhe imagens e pretende ouvir a vítima que sobreviveu ao acidente. Depoimentos de parentes e de outras testemunhas também serão ouvidos para a conclusão do inquérito.

 

Com: TNH1

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados