Delegação de Alagoas conquista cinco medalhas nos Jogos Escolares

Delegação de Alagoas conquista cinco medalhas nos Jogos Escolares

Por | Edição do dia 30 de setembro de 2016
Categoria: Esportes


Delegação de Alagoas saiu dos Jogos Escolares com dois ouros e três bronzes na competição, que se encerrou na quinta-feira (29)   

Texto de Ana Paula Lins
Alagoas encerrou sua participação nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) com cinco medalhas: duas no judô, duas no handebol e uma no futebol de salão. A etapa infantil dos JEJ (12 a 14 anos) foi disputada de 20 a 29 de setembro em João Pessoa, na Paraíba, e contou com a presença de atletas de todo o país.

Na primeira fase, das modalidades individuais, os alagoanos conquistaram duas medalhas no judô: um bronze com Adilson Verdino, da Escola Estadual Theonilo Gama e um ouro com Maria Eduarda Mata, da Escola Estadual Saturnino Souza, de Matriz de Camaragibe.

Já nas modalidades coletivas, o Estado foi bronze com o handebol feminino do Colégio Madalena Sofia e o futsal masculino do Colégio Intensivo e ouro com o handebol masculino do Colégio Monteiro Lobato.

O chefe da delegação de Alagoas, Emanuel Amaral, destaca que, este ano, a participação alagoana foi melhor do que nos JEJ infantil de 2015. “Este ano, tivemos duas medalhas a mais. Naquele ano, em Fortaleza, conquistamos duas pratas com o futsal masculino do São José e basquete masculino do SEB COC, além do bronze com o handebol feminino do Madalena Sofia”, recorda.

 

Campeões 

Os três técnicos campeões das modalidades coletivas ressaltam a importância dos títulos, consequência de um trabalho de dedicação e perseverança.

“Trazer este ouro para o handebol masculino de Alagoas é muito importante, pois há muitos anos não conseguíamos um título de campeão brasileiro, o que é ainda mais especial pelo fato de termos enfrentado equipes fortíssimas como Goiás, Distrito Federal e Rio Grande do Sul”, frisa José Carlos Silva, o “Carlinhos”, técnico do Monteiro Lobato.

Para Maria Cícera Oliveira, técnica do handebol feminino do Madalena Sofia, tão especial quanto repetir o bronze de 2015 é subir para a segunda divisão dos JEJ em 2017. “Ser bronze em uma competição onde estão os melhores do Brasil é maravilhoso, visto que serve de incentivo para que mais pessoas se interessem em praticar handebol em Alagoas”, avalia.

Rafael Braga, técnico do futsal do Intensivo, também chama atenção para a importância da conquista para o fortalecimento do esporte em Alagoas. “Esta medalha veio como consequência de um trabalho de esforço e dedicação. Por dois anos consecutivos, o Estado se manteve no pódio do futsal masculino: em 2015, com o São José e, este ano, conosco. Isso é muito importante e esperamos que Alagoas possa crescer ainda mais no futsal”, disse Rafael.

 Juvenil

Os JEJ terão continuidade em novembro, com a disputa da etapa juvenil, de 15 a 17 anos, em João Pessoa, no período de 10 a 19. “Acredito que teremos uma competição muito boa no juvenil, pois boa parte dos atletas já é experiente e esteve nos Jogos no ano passado”, estima Emanuel Amaral.

Ainda em novembro, além do juvenil, Alagoas também participa da disputa dos Jogos Paraescolares, em São Paulo.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados