Del Nero se cala sobre viagem e gera mal-estar em entrevista

Por | Edição do dia 22 de outubro de 2015
Categoria: Esportes


SITE TERRA – Silvio Barsetti

O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, silenciou quando um repórter lhe perguntou, durante entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira, na sede da entidade, se ele viajaria para Buenos Aires a fim de assistir ao jogo do Brasil com a Argentina, em 12 de novembro, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. No momento da pergunta, um dos assessores de Imprensa da CBF disse ao microfone que a entrevista teria de ser restrita sobre a convocação do técnico Dunga.

Na coletiva, além de Dunga, ocupavam a mesa do auditório da CBF o presidente Del Nero e o coordenador de seleções, Gilmar Rinaldi. O técnico divulgou os 23 atletas relacionados para os jogos com Argentina e, depois, Peru, em 17 de novembro, em Salvador.

Del Nero tem evitado voos para o exterior desde prisão de dirigentes na Suíça

Del Nero tem evitado voos para o exterior desde prisão de dirigentes na Suíça

Mesmo com a observação do assessor, o repórter insistiu e perguntou a Del Nero quando ele daria uma entrevista para tratar exclusivamente de suas seguidas ausências em compromissos internacionais. Ele tem evitado voos para o exterior desde 27 de maio, quando o FBI deflagrou operação contra a corrupção no futebol mundial e prendeu vários dirigentes de futebol, entre os quais o braço direito de Del Nero, o vice da CBF José Maria Marin.

Del Nero fitou o repórter e não respondeu. Naquele instante, era claro o constrangimento de Dunga e Gilmar ao seu lado. Na última entrevista, no mês passado, o presidente disse que convocaria uma entrevista coletiva para falar de suas ausências.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados