Deic prende foragidos por homicídio e tráfico de drogas em Maceió

Por Redação com assessoria | Edição do dia 6 de maio de 2020
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,


Foto: Reprodução

Duas ações da Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC), da Polícia Civil, por meio da Seção de Capturas, coordenadas pelo delegado Gustavo Henrique, resultaram na prisão de dois indivíduos. Um foragido da Justiça de Alagoas e o outro de Santa Catarina.

A primeira prisão ocorreu na manhã da segunda-feira (4), e prendeu um homem de 50 anos de idade, no bairro da Chã de Bebedouro, em Maceió, em cumprimento a mandado de prisão expedido pela 17ª Vara Criminal da Capital, por conta de uma condenação definitiva pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e organização criminosa.

“Destaca-se, ainda, que o indivíduo em epígrafe tem antecedentes criminais por tráfico de drogas em 2009, bem como por tráfico de drogas, associação para o tráfico e o antigo crime de quadrilha ou bando (hoje, associação criminosa) em 2012”, frisou o delegado Gustavo Henrique.

A segunda prisão foi nessa terça-feira (5), ocasião em que foi preso um indivíduo de 36 anos, em cumprimento a um mandado expedido pela Justiça catarinense, pelo fato de ter praticado, juntamente com dois comparsas, um homicídio contra um homem no mês de agosto de 2019, na cidade de Santo Amaro da Imperatriz, no estado de Santa Catarina.

O segundo preso é natural de São José da Laje, cidade do interior alagoano, mas residia há um tempo em Santo Amaro da Imperatriz/SC, local onde cometeu o crime, após  regressou para Alagoas, e passou a residir na localidade conhecida como Morro do Ari, no bairro do Jacintinho, nesta Capital, local onde foi efetuada sua prisão.

“Importante destacar, outrossim, que no dois casos as investigações para se chegar aos infratores contou com a participação do disque denúncia 181, reforçando que a ajuda da população de bem no combate à criminalidade no estado é importantíssima, podendo ser feita por meio da citada ferramenta, a qual assegura sigilo absoluto em relação à identidade de que quem denuncia”, disse o coordenador da Deic.

O delegado Gustavo Henrique ressaltou, mais uma vez, que, seguindo recomendação do secretário de Segurança Pública, Lima Junior, e do delegado-geral da PCAL, Paulo Cerqueira, a Seção de Capturas da DEIC, sob seu comando, tem cumprido mandados de prisão de foragidos diariamente, sobretudo de crimes que direta ou indiretamente fazem parte de mortes violentas no estado, como homicídios, tráfico de drogas, roubo, posse/porte ilegal de arma de fogo e organização criminosa.

Depois das prisões, os dois foram encaminhados à sede da DEIC, no bairro da Santa Amélia, onde os cumprimentos dos mandados de prisão foram formalizados. Em seguida os presos foram encaminhados ao sistema prisional de Alagoas, onde permanecem à disposição das respectivas Justiças que expediram as ordens de prisão.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados