DEIC prende em Maceió mais um foragido da Justiça

O homem possuia 37 anos de idade

Por Assessoria | Edição do dia 1 de setembro de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags:


Mais uma ação da Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC), nesta terça-feira (1º), no bairro Cidade Universitária, em Maceió, por meio da Seção de Capturas, resultou na prisão de um homem de 37 anos de idade, foragido da Justiça.

O foragido tinha mandado de prisão preventiva em aberto expedido pela Vara do Único Ofício da Comarca de Maribondo, no interior de Alagoas, por crime de homicídio qualificado.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, o foragido, no dia 25 de março de 2016, por volta das 14 horas, na Rua da Gaiola, Centro, do município de Pindoba (AL), assassinou, com disparos de arma de fogo, Berto Francisco da Silva. A investigação ainda apurou que a motivação do crime foi vingança, tendo em vista que autor e vítima tiveram uma desavença durante o carnaval daquele mesmo ano.

Segundo o delegado Gustavo Henrique, diretor da DEIC, após a prática do delito, o infrator foragiu tomando destino ignorado, o que motivou a decretação de sua prisão preventiva em janeiro de 2018, mandado este que a Seção de Capturas da DEIC recebeu para cumprimento há cerca de um mês.

De posse do mandado de prisão, os investigadores da Seção de Capturas da DEIC realizaram uma série de diligências que, com o imprescindível apoio do disque denúncia 181, culminou com a localização do endereço onde o foragido estava e, consequentemente, com sua prisão.

“Parabenizo mais esse belo trabalho realizado pelos agentes da Seção de Capturas da Especializada e aproveito para relembrar a importância de a sociedade ajudar a segurança pública no combate à criminalidade, o que pode ser feito por meio do disque denúncia (181) que garante, como se sabe, o mais absoluto sigilo”,  frisou o delegado Gustavo Henrique.

Após a captura, o preso foi levado para a sede da DEIC, onde foi formalizado o cumprimento do mandado de prisão e, após, encaminhado ao sistema prisional onde permanecerá à disposição da Justiça.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados