Boa Tarde!, Sexta-Feira - 23 de Agosto de 2019

 

Defasagem escolar caiu de 37,9% para 29%, em Maceió

Redação com Assessoria / 5:06 - 07/08/2019


A secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dorea, se reuniu com o Instituto Ayrton Senna, em São Paulo, para apresentar os resultados positivos do programa Se Liga e Acelera realizado em Maceió desde o início da gestão do prefeito Rui Palmeira. A politica da gestão de alfabetização e o trabalho em parceria com o Instituto Aryton Senna vem conseguido reduzir a defasagem idade/ano, conhecido como distorção. Em 2018 a rede somava 8.300 mil alunos nessa situação, em 2019 os dados caíram para 3.500 mil alunos.

download (2)

A secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dorea, destacou que todos os resultados do programa na Semed são avaliados bimestralmente e que o trabalho do Instituto tem conseguido reduzir consideravelmente a correção de fluxo. “A defasagem idade/ano em Maceió caiu de 37,9% para 29%. Isso é um resultado de muito investimento e trabalho feito em parceria. Os indicadores mostram nosso avanço”, afirma a gestora.

Desde o início da gestão, o prefeito Rui Palmeira, vem buscando parcerias para auxiliar no crescimento dos índices da educação na capital. “O Instituto Ayrton Senna é a prova de que estamos no caminho certo. Esta e outras instituições vêm contribuindo para a queda o avanço das nossas crianças em sala de aula. O exemplo está aí com a diminuição desta distorção idade/ano”, avalia Rui Palmeira.

A secretária foi acompanhada da responsável pelo programa na rede, Paula Pannar, que expôs os dados da avaliação de impacto evidenciando a significativa melhoria da Educação na correção de fluxo escolar em Maceió.

Paula explica que em 2017 a rede iniciou uma pesquisa pelo Instituto Ayrton Senna para avaliar o grau de desenvolvimento dos alunos no programa. “A pesquisa buscou saber quais as crianças das turmas do Se Liga e Acelera, consegue aprender mais”, explica Paula, acrescentando que independentemente de o aluno estar no programa ou na sala regular, a aprendizagem acontece.

Ana Dayse reforça que a Rede Municipal de Educação, tem conseguido reduzir a distorção idade/ano focando no fluxo escolar e na gestão da alfabetização que se tornou política. “Esses dois itens passaram a ser trabalhados com prioridades e com o apoio do Instituto Aryton Senna onde os resultados só avançam”, afirma ela. A reunião contou com secretários e coordenadores de vários municípios do Nordeste.


Comentar usando