De virada, CRB vence Chapecoense por 2×1 na Arena Condá

Galo sobe para a 7ª posição, com 18 pontos

De virada, CRB vence Chapecoense por 2×1 na Arena Condá

Galo sobe para a 7ª posição, com 18 pontos

Por Redação | Edição do dia 21 de junho de 2022
Categoria: Esportes | Tags: ,,


O CRB vence a Chapecoense por 2×1, de virada, na noite desta terça-feira (21), na Arena Condá, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time catarinense abriu o placar com Éderson e a equipe alagoana balançou as redes com Fabinho (duas vezes).

Foto: Júlia Galvão/Chapecoense.

Com o resultado, o Galo subiu para a 7ª posição da tabela e chegou aos 18. O CRB agora volta as atenções para o confronto contra o Tombense, na próxima quarta-feira (29), no Estádio Rei Pelé, às 21h30, pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O jogo

A Chapecoense foi quem começou pressionando. Aos 6 minutos, Léo subiu sozinho e cabeceou por cima do gol, desperdiçando uma grande chance. Aos 16, Fernando mandou na área, a zaga regatiana afastou parcialmente e Tiago Real aproveitou a sobra para mandar para o gol; na sequência, Diogo Silva fez uma bela defesa e salvou o Galo. O time alagoano respondeu aos 30, quando Negueba invadiu a área, ficou cara a cara com Vagner, mas mandou direto pra fora.

Aos 34, Orejuela fez jogada pela direita, deixou Raul Prata para trás, tabelou com Tiago Real e viu Gum falhar; Éderson aproveitou a bobeira e chutou para o fundo das redes: 1×0 para a Chape. Aos 43, Negueba acionou Anselmo Ramon, que mandou no canto direito e viu Vagner defender. Mas o gol de empate veio aos 45 minutos, quando Fabinho tabelou com Anselmo Ramon, invadiu a área e fez 1×1.

Na segunda etapa, a Chape começou em um ritmo mais acelerado. Aos 7, Fernando tabelou, invadiu a área e mandou para o gol, mas parou na boa defesa de Diogo Silva. Um minuto depois, Fernando cruzou, Éderson apareceu na segunda trave e chutou rasteiro; Guilherme Romão salvou o CRB e tirou a bola em cima da linha.

O Galo tentou equilibrar a partida e teve uma boa chance aos 14 minutos. Raul Prata recebeu perto da linha de fundo, cruzou e Anselmo Ramon mandou um voleio, mas parou na defesa de Vagner. Aos 26, o goleiro da Chape não conseguiu evitar a virada. Após vacilo da defesa, Anselmo Ramon acionou Fabinho, que invadiu a área e chutou para fazer 2×1.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados