De cortador de cana a funcionário de uma das maiores empresas privadas de serviços do país

Neste 1° de maio, Dia do Trabalhador, João Batista de Oliveira comemora as conquistas trabalhistas e sonha em crescer dentro da BRK RMM 

De cortador de cana a funcionário de uma das maiores empresas privadas de serviços do país

Neste 1° de maio, Dia do Trabalhador, João Batista de Oliveira comemora as conquistas trabalhistas e sonha em crescer dentro da BRK RMM 

Por Assessoria | Edição do dia 1 de maio de 2022
Categoria: Alagoas, Ultimas Notícias | Tags: ,,,


Foto: Assessoria

Nascido e criado na área rural de Pilar, município da Região Metropolitana de Maceió, João Batista de Oliveira teve que trabalhar desde cedo, mas só agora, aos 54 anos, pode comemorar o acesso a benefícios trabalhistas que nunca teve. Pela primeira vez na vida, ele conta que pode proporcionar a ele e à família, por exemplo, o direito a um plano de saúde, um bom ticket alimentação e de usufruir de melhores condições de trabalho.

Após uma infância difícil, onde muitas vezes os únicos alimentos disponíveis eram banana verde e caroço de jaca cozido, seu João também é sinônimo de luta na fase adulta. Durante mais de dez anos, foi cortador de cana e contava apenas com contratos sazonais em usinas de São Paulo e Alagoas, com rotinas pesadas de mais de dez horas de trabalho, condições precárias de segurança e sem o mínimo de qualidade de vida. Foi nesta realidade que, a mais de 2,5 km de distância do seu estado natal, ele não conseguiu comparecer ao velório do pai e não estava presente no nascimento do seu primeiro filho. Trabalhava durante a semana no corte de cana e, nos finais de semana, atuava com serviços de pedreiro para gerar uma renda extra.

Com a esposa desempregada e pai de três filhos, quando perguntado sobre o que tem a comemorar no dia 1º de maio, Dia do Trabalhador, seu João se emociona ao dizer que sua vida melhorou consideravelmente após ter entrado na BRK RMM, há quase um ano.

“Comecei a estudar já aos 20 anos, quando vim morar na cidade. E só pude cursar até a 3ª série do ensino fundamental porque nessa idade eu já tinha que trabalhar como cortador de cana e era uma rotina muito difícil. Hoje, voltei a estudar principalmente por dois motivos: o primeiro, graças ao incentivo de minha líder, e o segundo porque vejo que meus amigos que têm uma formação melhor contam com mais oportunidades. Com o emprego na BRK, consigo oferecer melhores condições de vida para minha esposa e meus filhos, ajudar meus irmãos e sonhar com meu crescimento profissional”, destacou o auxiliar de Operação de Esgoto.

Foto: Ascom

As dificuldades dos tempos de cortador de cana estão, agora, no passado e nas cicatrizes do seu corpo causadas pelos acidentes de trabalho com o facão que usava. Desde o ano passado, seu João trilha um caminho de crescimento e tem como maior sonho de vida colocar seus filhos na faculdade e ser operador da BRK RMM. Atualmente, ele trabalha os dois horários e estuda à noite.

“Falo para meus filhos que estudem para não passar pelas dificuldades que passei e conto que o segredo é aproveitar as oportunidades, sempre olhar para frente e não desanimar”, finalizou, emocionado.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados