De Bolsa Atleta a projeto que transforma exercício físico em prática essencial, live do Podemos conversou sobre importância do esporte

Por Assessoria | Edição do dia 12 de agosto de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,


Foto: Divulgação

A live do Podemos Alagoas, “Podemos Conversar?”, tratou da importância do esporte nesta terça-feira (11). Os convidados foram os pré-candidatos a vereador por Maceió, Eduardo Canuto e Lucas Costta.

O presidente do Podemos Alagoas e pré-candidato a vice-prefeito da capital, Tácio Melo, mediou a live que tratou desde o cancelamento do bolsa atleta, até o projeto de Eduardo Canuto, que transforma a prática do exercício físico como essencial para a população de Maceió.

Canuto, que sempre foi atleta e chegou a ser campeão mundial de full contact, falou que compreende o esporte como um instrumento muito plural. “Ele é importante para o rendimento, ele é importante para a questão da educação, para o desenvolvimento cognitivo, para segurança. Quando vejo a possibilidade de um partido discutir isso, já me deixa muito feliz”.

O pré-candidato e atual vereador Eduardo Canuto contou um pouco sobre o seu projeto, que transforma a prática do exercício físico em atividade essencial, algo extremamente necessário nestes tempos de pandemia. “A partir de 90 dias sem exercício físico, você já diminui a sua imunidade. Principalmente para as pessoas que são idosas, atletas, com deficiência, a atividade física é necessária. As academias, com atividade física individual, respeitando os protocolos sanitários, percebemos que era sim, essencial o retorno”, contou.

“Foi um projeto muito bem recebido, chancelado pelo Conselho dos Profissionais de Educação Física (Cref19) e apresentamos ontem (segunda) e hoje já recebi dezenas de mensagens de outros vereadores de vários municípios pelo Brasil, incluindo capitais, pois criamos um instrumento pioneiro em nosso país”, disse Canuto durante a transmissão.

Lucas Costta, também pré-candidato a vereador, falou como é necessário o investimento no desporto e no paradesporto, principalmente. “Acredito que hoje vivemos um momento de revés. O Brasil já vinha sofrendo com uma falta de apoio para o paradesporto, como é a vida toda. E a gente anda na contramão, porquê nas últimas olimpíadas a gente foi muito superior ao desporto convencional, com muito mais medalhas, melhor classificação geral, e o que a gente está vivendo agora? Semana passada nos deparamos com o corte em toda a bolsa atleta nacional. Só no Brasil, mais de 8 mil atletas dependem exclusivamente do programa. Além disso a pandemia agrava totalmente a vida do paraatleta, porquê a pessoa com deficiência para mobilidade, para fazer uma adaptação para treinar em casa, na rua já é muito complicado, nem toda academia é adaptada, nem todo profissional quer trabalhar (com pessoas com deficiência)”.

Como vereador, Lucas pretende criar um núcleo de apoio ao paradesporto. “Eu acredito que o nosso foco deve ser dar o mínimo de profissionalismo ao esporte amador, não só o convencional, mas principalmente ao paradesporto. Chegar para um paraatleta hoje e querer e exigir dele uma preparação física perfeita para um campeonato, quando muitas vezes ele não tem comida, não tem transporte, nem acompanhamento psicológico”.

O presidente do Podemos Alagoas, Tacio Melo, contou que a participação dos pré-candidatos do Podemos nas transmissões ao vivo melhoram a comunicação entre os filiados e a população. “Eu tenho a honra de conhecer esses dois grandes homens, mas o maceioense também precisa conhecê-los mais, conhecer seus projetos. O Eduardo e o Lucas têm grandes ideias para melhorar a vida do nosso povo e me orgulho de tê-los nos quadros do Podemos Alagoas”.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados