, Terça-Feira - 10 de Dezembro de 2019

 

Daniel Alves critica bastidores do São Paulo

/ 10:27 - 29/11/2019


Globoesporte.com

Daniel Alves, do São Paulo, fez duras críticas à divisão política interna do clube, após a vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, nesta quinta-feira, no Morumbi.

Em meio à pressão de conselheiros da base aliada ao presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, para a saída de Raí, o camisa 10 respondeu sobre como encara a possibilidade de o diretor executivo de futebol não estar no clube em 2020.

Existe a ideia de colocar no lugar do ídolo um conselheiro não remunerado para fazer uma reestruturação no departamento de futebol. O contrato de Raí termina em dezembro.

– A gente não cogita esse tipo coisa pelo simples fato em que vou voltar a insistir no que falei antes: a gente quer estabilidade dentro do clube. Para mudar essa história, essa negatividade que tem dentro do clube. Um clube grande como o São Paulo não pode estar esse tempo todo sem ganhar títulos, tem de aspirar coisas positivas, voltar a ser do tamanho da grandeza do São Paulo. Mas isso só vai acontecer se a gente tiver estabilidade, oportunidade de escrever uma história. Não é fácil para mim, nem para ninguém – disse Daniel Alves.

– Quero conectar as pessoas que estão aqui para que elas entendam que uma história só muda se você tiver essa estabilidade. Senão, você vai passar mais nove anos sem ganhar. Estava falando até com alguns companheiros. Em um ano, eles tiveram quatro treinadores. É impossível. Impossível se você não criar uma filosofia. Não criar uma identidade. Ele treina só quatro meses. Eu nunca vi ninguém fazer nada em quatro meses. É um processo que você tem de viver. E se você pagar o preço, você vai aspirar coisas. Se não consegue, vai ficar oscilando, e o clube vai passar mais nove anos sem conquistar – completou.

Foto: Marcos Riboli


Comentar usando