Dança das cadeiras: Sai Ney Franco e Volta Mozart Santos para o comando técnico do CSA

Azulão chega à terceira troca de treinador na temporada

Dança das cadeiras: Sai Ney Franco e Volta Mozart Santos para o comando técnico do CSA

Azulão chega à terceira troca de treinador na temporada

Por Thiago Luiz - Estagiário | Edição do dia 31 de agosto de 2021
Categoria: Esportes


A segunda-feira (30) foi agitada no CT Nelson Peixoto Feijó. Após resultados ruins, Ney Franco deixou o cargo de treinador do CSA e foi embora, junto com sua comissão. Quem voltou para reassumir o posto foi um velho conhecido da torcida azulina: Mozart Santos, que trocou o time marujo pela Chapecoense no começo do ano. A movimentação no comando técnico foi muito rápida e não agradou a boa parte da torcida, justamente pelo fato de Mozart ter montado o planejamento e deixado o clube.

O treinador vem de uma sequência de desempenhos ruins depois da saída do Azulão. Demitido da Chapecoense e do Cruzeiro. O fato curioso é que essas demissões de Mozart combinam com as saídas dos antigos treinadores do CSA: todas em “comum acordo”. Isso por causa do novo regulamento do Brasileirão, de que, em caso de duas demissões, os times só poderão ser comandados por funcionários que já estejam no clube há pelo menos seis meses.

Mozart volta para tentar executar o seu, diga-se de passagem, ruim planejamento. Com o treinador também chegam ao clube, o auxiliar técnico Denis Iwamura e o preparador físico Jackson Schwengber.

“Muito feliz com o meu acerto com o CSA. Ansioso para iniciar o meu trabalho. Tenho certeza que nós, junto com os jogadores, vamos trabalhar com muita dedicação para jogo a jogo conquistar e construir nossos objetivos. Espero estar voltando um profissional melhor do que eu sai. Se Deus quiser vamos repetir as vitórias do campeonato passado. O elenco é extremamente qualificado e capacitado para conquistar coisas importantes. Muito feliz por estar voltando”, comentou Mozart sobre retornar ao CSA.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados