Cuca atribui doping de Alecsandro a medicamento contra calvície

Cuca atribui doping de Alecsandro a medicamento contra calvície

Por | Edição do dia 13 de junho de 2016
Categoria: Esportes


Gazetaesportiva

Ameaçado de punição por doping, Alecsandro foi defendido por Cuca após o Derby deste domingo, disputado no Estádio Palestra Itália. De acordo com o treinador do Palmeiras, o uso de um medicamento contra calvície causou o teste positivo do centroavante.

Segundo Cuca, doping de Alecsandro é consequência de uso de remédio contra calvície (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Submetido a exame antidoping após o confronto anterior com o Corinthians, disputado no dia 3 de abril pelo Campeonato Paulista, Alecsandro testou positivo para O-Dephenylandarine, metabólito do Andarine. À espera do resultado da contraprova, ele ainda está livre para jogar.

“É uma pena o que está acontecendo. Comigo, o Alecsandro sempre foi exemplar. Ele nunca sofre lesão muscular e corre até mais do que o necessário. Jamais usaria algum artifício para ter vantagem física. Foi um remédio para o cabelo. Agora, precisamos desejar sorte ao nosso jurídico”, afirmou.

Na véspera do Derby, o próprio Alecsandro usou a Internet para se manifestar sobre o assunto. O centroavante de 35 anos, autor de 10 gols nesta temporada, lembrou a própria trajetória e garantiu jamais ter feito algo ilegal para levar vantagem.

Com Alecsandro ameaçado de punição, Cuca pode aproveitar Cristaldo. Segundo o técnico, o argentino chegou a avisar que gostaria de ser negociado, mas mudou de ideia e, assim, tem chance de ficar no banco de reservas no confronto com o Coritiba, marcado para as 21h45 (de Brasília) de quarta-feira, no Couto Pereira.

“O Cristaldo disse que estava sem cabeça para jogar, que gostaria de mudar de ares. Eu respeitei e falei: ‘Vai com Deus’. Passou algum tempo e ele então pediu para mostrar o valor dele aqui mesmo. Agora, precisa recuperar a confiança nossa e dos companheiros. Ficou treinando para compor o banco de reservas na quarta-feira”, afirmou Cuca.

Contratado pelo Palmeiras em 2014, Cristaldo tem um total 19 gols em 73 partidas com a camisa do Palmeiras – em 2016, foram três tentos em oito jogos. Inativo desde a derrota contra o Nacional-URU pela Copa Libertadores, sofrida no dia 9 de março, ele ainda não atuou sob o comando de Cuca.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados