Bom Dia!, Domingo - 19 de Janeiro de 2020

 

CTR Agreste recebe licença do IMA e passa a operar em dezembro

Assessoria / 2:43 - 23/11/2016

Central de resíduos pode atender toda região acabando de vez com lixões


O Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) concedeu hoje (23), licença de operação à Central de Tratamento de Resíduos (CTR) do Agreste, que está em fase final de construção e deve começar a receber o lixo da região a partir de dezembro.

“O diretor-presidente do IMA, Gustavo Lopes, já havia adiantando ontem (22), durante reunião na Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), que a licença sairia hoje, mas achamos por bem aguardar o documento, que já está em nossas mãos”, afirma o diretor executivo do Grupo Alagoas Ambiental, Keylle Lima.

A CTR Agreste ocupa uma área de 81 hectares, entre os municípios de Arapiraca e Craíbas, e teve investimento inicial de R$ 14 milhões, podendo atender mais de 30 municípios da região quando concluída. A capacidade de recebimento de resíduos sólidos pode ultrapassar as 1.000 toneladas por dia.

Foto: assessoria

Foto: assessoria

Nesta primeira fase, a CTRA Agreste vai receber resíduos domiciliares e comerciais (Classe II); entulhos de construção civil (inerte); material resultante da poda de árvores, dentre outros. A área também conta com uma lagoa de chorume, que vai impedir qualquer contaminação do solo.

“Nosso objetivo, a exemplo do que acontece hoje na CTR Metropolitana, que há um ano funciona no município de Pilar, é contribuir para a preservação do meio ambiente e garantir melhor qualidade de vida para a população das regiões atendidas”, conclui Keylle Lima.


Comentar usando