Crise faz filhos moderarem no Dia das Mães, mas lojas preparam-se para buscas de última hora

Crise faz filhos moderarem no Dia das Mães, mas lojas preparam-se para buscas de última hora

Por | Edição do dia 7 de maio de 2016
Categoria: Blog, Notícias | Tags: ,,


As mães devem esperar presentes mais simples e mais baratos dos filhos neste domingo (8), de acordo com a Sondagem do Consumidor, especial Dia das Mães, divulgada na sexta-feira (6) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O levantamento aponta que, por causa do pessimismo em relação à situação financeira das famílias, o consumo na data comemorativa este ano será o menor desde o início da série histórica, em 2007.

Foto: reprodução internet

Foto: reprodução internet

Este ano, 52% dos filhos pretendem investir menos no presente. O valor médio do presente para o Dia das Mães em 2016 será de R$ 56, o que representa uma queda real de 17,2% em relação ao valor médio de 2015, e de 21,5% em relação à média dos três anos anteriores, segundo a FGV.

Apenas 3% querem gastar mais que no ano passado, metade do percentual de 2015 e o menor índice desde 2007.

A cautela do consumidor em relação às compras é observada em todos os níveis de renda, de acordo com a pesquisa. As famílias com renda familiar até R$ 2,1 mil apresentaram os números mais conservadores: 64,5% dos consumidores nessa faixa pretendem gastar menos este ano com os presentes. Em 2015, eram 46,7%.

Em 2016, a faixa de renda familiar de mais de R$9,6 mil mensais foi a que mais contribuiu para a redução do preço médio de presentes, com variação negativa de 29% em relação a 2015, ao passar de R$87 para R$62,3.

Em Alagoas

Pesquisa similar realizada pelo Instituto Fecomércio de Estudos, Pesquisas e Desenvolvimento (IFEPD) e divulgada no fim de abril apontou que 77% dos maceioenses pretendem presentear no Dia das Mães.

A maioria irá comprar presentes no valor que variam entre R$ 51 a R$ 100,00. Segundo a pesquisa, o produto mais procurado para compra será vestuário (31,3%), seguido dos seguintes itens: perfume e/ou cosméticos (19,7%); bolsas e/ou acessórios (19,7%); joias e bijuterias (10,5%); e calçados (8,8%).

Os locais mais procurados para realizar as compras serão os shoppings (74,3%), lojas do Centro de Maceió (9,9%) e lojas de rua/bairro/galerias (6,2%).

E vale tudo para chamar atenção dos filhos que deixaram para comprar o presente de última hora. O Shopping Parque Maceió, por exemplo, vai funcionar em horário estendido neste sábado (07), deixando as portas abertas até às 23h.

Em Arapiraca, as lojas que compõem o chamado Centro Novo (região da Rua Aníbal Lima, Praça Bom Conselho e Praça Manoel André) vão funcionar com programação especial das 9h às 17h, que incluem sorteio de brindes, dia de beleza e prestação de serviços de saúde em tendas montadas por parceiros.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados