Cresce o número de idosos mortos por atropelamentos em Alagoas

Falta de infraestrutura e desrespeito no trânsito são as principais causas

Cresce o número de idosos mortos por atropelamentos em Alagoas

Falta de infraestrutura e desrespeito no trânsito são as principais causas

Por | Edição do dia 3 de outubro de 2018
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,,


1716498

Falta de infraestrutura, tempo de semáforo e desrespeito dos motoristas e dos próprios pedestres são os fatores que levaram nos últimos ao aumento da morte de idosos por atropelamentos no Brasil, incluindo Alagoas. Os dados apresentados pelo Observatório Nacional de Segurança Viária apontam que apenas em 2016 foram 18 mortes a cada 100 mil habitantes.

O estudo utilizou números disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) que apontaram em Alagoas, 33 mortes de pessoas com mais de 60 anos por atropelamento. Os estados que lideram a lista com maiores taxas são Tocantins, Rondônia e Goias.

Alagoas apresenta uma frota de mais de 700 mil veículos, e de acordo com o Datasus, no geral foram 22 mortes a cada 100 mil habitantes, o que corresponde a 726 vidas perdidas em acidentes no trânsito, desses 38% são apenas de pedestres das mais variadas idades.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados