Creche recém-inaugurada no Vergel atende crianças para evoluir no aprendizado e interação

Unidade foi entregue no dia 15 de outubro pelo prefeito JHC e já começou a funcionar beneficiando, aproximadamente, 200 crianças da região

Creche recém-inaugurada no Vergel atende crianças para evoluir no aprendizado e interação

Unidade foi entregue no dia 15 de outubro pelo prefeito JHC e já começou a funcionar beneficiando, aproximadamente, 200 crianças da região

Por Assessoria | Edição do dia 23 de outubro de 2021
Categoria: Educação | Tags: ,,,


Os primeiros dias de atividades no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Walter Pitombo Laranjeiras, no Vergel, em Maceió, estão sendo de adaptação para os mais de 180 pequenos matriculados. A creche foi inaugurada no dia 15 de outubro pelo prefeito JHC e começou a funcionar logo após a entrega.

A unidade era esperada pela comunidade há mais de dez anos e foi entregue em menos de nove meses pela nova gestão. Completamente equipado, o CMEI está se preparando para atender, em sua totalidade, devido à pandemia da Covid-19, conforme explica a diretora da unidade, Selma Silva dos Santos.

Foto: Reprodução

“Neste primeiro momento estamos com ensino híbrido e revezando as turmas. Por exemplo, pela manhã o berçário tem 10 crianças matriculadas. Então, esta semana estão vindo cinco crianças e na próxima semana as outras cinco, e assim vamos revezando, e nos aproximando ainda mais das crianças e suas famílias”, explicou.

No berçário, Eloá, Eloísa e Laísa, todas de 2 anos, se divertem no espaço com os mais diversos brinquedos. A professora Edgeine de Lima conta que as crianças estão em fase de adaptação, pois nunca tiveram contato com uma escola anteriormente.

“Elas estão na fase de adaptação e de interação nessas duas primeiras semanas. Fazemos brincadeiras, contamos histórias, de forma lúdica, tudo voltado para esse primeiro contato delas com um ambiente estranho. No caso da Eloá, ela ainda está na fase de amamentação”, disse.

No pátio, as turmas dos primeiro e segundo períodos, crianças de 5 a 6 anos, participam do momento de contação de história. Elas acompanham a narração e interpretação da professora Darlene Correia de forma atenta, e, claro, se divertindo como o ítalo, de 4 anos, que falou que gostou história da “Cachinhos Dourados e dos ursinhos”.

“Para eles está sendo uma novidade, perguntam sempre qual será a próxima atividade. E estamos trabalhando em cima disso, contando histórias e levando para dentro da sala, além de fazermos brincadeiras dirigidas trabalhando a coordenação motora”, relata a pedagoga sobre o primeiro contato com os estudantes.

Depois da atividade, as crianças se preparam para a hora do almoço. Mas antes de comer, os pequenos são orientados a lavarem as mãos. No prato, arroz, feijão, purê de batata e fígado ao molho. Joyce, de 5 anos, estudante do primeiro período, afirma que gosta de ter uma alimentação completa como a da creche. “Eu amo almoçar arroz e feijão. E também gostei da sobremesa”, disse a criança, que nunca foi à escola.

Laura Sofia, 6 anos, também gostou da refeição. “Eu amei a sobremesa. Eu gosto muito de laranja”, disse a pequena.

A diretora do destaca que a função do CMEI vai além da educação. “Não estamos aqui só para acolher a criança, mas sim a família toda. A gente sempre busca promover palestras de orientação e conscientização em todos os âmbitos familiares, porque se a família está bem, a criança também está”, salientou.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados