CRB vence o Paysandu por 2 a 1 e está na terceira fase da Copa do Brasil

Classificação rendeu ao Galo R$ 1,7 milhão

CRB vence o Paysandu por 2 a 1 e está na terceira fase da Copa do Brasil

Classificação rendeu ao Galo R$ 1,7 milhão

Por Thiago Luiz - Estagiário | Edição do dia 13 de abril de 2021
Categoria: Esportes | Tags: ,,


O CRB foi um visitante indigesto para o Paysandu na tarde desta terça-feira (13). O Papão até saiu na frente, com gol do lateral Israel, ex-Galo. Mas foi o Regatas quem levou a melhor. De virada, o time alagoano garantiu a classificação para a terceira fase após vencer por 2 a 1 na Curuzu.

No começo do jogo, a partida ficou aberta, com boas chances para as duas equipes, mas o CRB ainda conseguiu ser melhor e dominar a maioria das ações. Criou as melhores oportunidades e chegou primeiro com Reginaldo, logo aos 4 minutos. Logo depois foi a fez de Diego Torres, que também não conseguiu marcar. Aos 20 minutos, o camisa 10 teve a chance de abrir o placar, após uma ótima jogada de Lucão. Com o gol aberto, o argentino acertou no defensor do Paysandu.

Na reta final do primeiro tempo o Regatas diminuiu o ritmo e se fechou na defesa. Foi o suficiente para chamar o Papão para o jogo. Aos 43 minutos, após uma boa jogada de Paulinho, Israel fez o primeiro gol da partida para os donos da casa. O gol também acordou o time alagoano, que empatou logo em seguida com Diego Torres. A defesa paraense bateu cabeça e a bola se ofereceu para o meia, que encheu o pé e deixou tudo igual aos 46 minutos.

Na segunda etapa o CRB conseguiu a virada ainda aos 2 minutos de bola rolando. Após cobrança de escanteio, a zaga desviou e tirou Victor Souza da jogada. O atacante Hyuri só teve o trabalho de desviar e colocar o Galo em vantagem. O Regatas ainda teve chances de aumentar o placar, mas Lucão desperdiçou uma boa chance aos 11. A vitória parcial gerou um aparente conforto ao Galo. O time recuou e mais uma vez deu espaços para a equipe mandante jogar. O Paysandu pressionou até o último minuto de jogo, mas não foi o suficiente para evitar a derrota e a eliminação.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados