CRB se recupera no segundo tempo e arranca empate por 1 a 1 contra o Náutico

Por Thiago Luiz - Estagiário | Edição do dia 15 de agosto de 2020
Categoria: Esportes, Futebol Alagoano | Tags: ,,,,


Tentando a primeira vitória fora de casa pela Série B, o CRB foi enfrentar o Náutico, nos Aflitos, neste sábado (15). Com mudanças no time titular, o Galo foi a campo com Felipe Menezes e Bill. Depois de 45 minutos assistindo ao ataque pernambucano, Regatas assumiu os domínios e garantiu o empate por 1 a 1.

Durante todo o primeiro tempo, o time da casa dominou as ações da partida. Com o ataque comandado por Jean Carlos, a equipe pernambucana ia pressionando o Regatas.

O Galo até tentou reagir com um chute na trave do garoto Bill, aos 15 minutos, do meio da rua, mas não conseguiu oferecer mais perigo ao adversário. Já o Náutico, era agressivo.

E de tanto insistir, o Timbú chegou. Aos 23 minutos, em mais uma cobrança de escanteio, o zagueiro Camutanga subiu sozinho e testou para o fundo das redes.

Depois do gol, mesmo à frente do placar, o Náutico continuava dando trabalha à defesa do CRB.

Na volta do intervalo, o técnico Marcelo Cabo tentou começar a sair para o jogo. Tirou Lucas Mendes e promoveu a estreia do lateral-direito Reginaldo. Erik saiu e deu lugar a Magno Cruz.

Com a bola rolando, o Galo começou a atacar o time da casa. Mas as finalizações não assustavam o Náutico.

CRB sai atrás, mas consegue empate no fim do jogo. Foto: Crédito: Caio Falcão/CNC

Querendo mais objetividade, aos 17 minutos mais duas alterações no Regatas: Saiu Felipe Menezes e entrou Diego Torres. Thiaguinho foi ao jogo no lugar de Carlos Jatobá.

E o Timbú, que não tinha nada a ver com isso, seguia pressionando. Erick de fora da área carimbou o poste de Victor Souza. Para manter o ritmo de jogo, Dudu Pacheco colocou Djavan no lugar de Jorge Henrique e Júnior Brítez substituiu Dadá.

Pelo lado Regatiano, Marcelo Cabo continuava tentando ser mais eficiente. Colocou Luidy no lugar de Bill.

E deu certo. Acionado na grande área, o Luidy bagunçou a defesa pernambucana e cruzou. Magno Cruz bateu de primeira, mas o zagueiro do Náutico salvou em cima da linha.

Depois de jogar em alta intensidade toda a primeira etapa, o Timbú caiu de rendimento. Claramente cansado em campo, o técnico Dudu Capixaba fez três alterações. Entraram Lucas Paraíba, Josa e Kevyn. Saíram Jean Carlos, Salatiel e Erick.

Aproveitando a queda adversária, de tanto insistir, aos 43 do segundo tempo, o Galo conseguiu furar o bloqueio pernambucano. Depois da confusão na área, Luidy bateu cruzado e Léo Gamalho escorou para o gol, para deixar tudo igual no placar. Três jogos e três gols do camisa 9 regatiano.

Numa mudança depois do intervalo, o Galo conseguiu garantir um ponto importante para a sequência da Série B.

Na próxima rodada, o CRB recebe o Brasil de Pelotas, na terça-feira (18), às 21h30, no Rei Pelé.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados