CRB não se intimida e bate o Cruzeiro por 2 a 0 no Mineirão

_No primeiro confronto, Galo contou com a eficiência do centroavante Léo Gamalho

CRB não se intimida e bate o Cruzeiro por 2 a 0 no Mineirão

_No primeiro confronto, Galo contou com a eficiência do centroavante Léo Gamalho

Por | Edição do dia 12 de março de 2020
Categoria: Esportes, Futebol Alagoano | Tags: ,,,,,,,,,


Thiago Luiz – Estagiário

O resultado do primeiro confronto da terceira fase da Copa do Brasil foi favorável para Alagoas. Jogando no Mineirão, o CRB não tomou conhecimento do local, nem do adversário e bateu com muita eficiência o Cruzeiro por 2 a 0. A estratégia de jogo montada pela comissão técnica dois seguida à risca pelos jogadores: esperar o Cruzeiro atacar e matar o jogo no contra-ataque. E essa “obediência” tática rendeu ao clube alagoano um passo muito importante fora de casa.

CRB não toma reconhecimento do adversário e se impõe fora de casa. Foto: Fernando Moreno

CRB não toma reconhecimento do adversário e se impõe fora de casa. Foto: Fernando Moreno

No primeiro tempo, o Galo fez como manda o figurino. A equipe do técnico Marcelo Cabo segurou o ímpeto da Raposa, criando um verdadeiro bloqueio na defesa, que era um dos setores mais cobrados do time. E mais do que isso, o elenco conseguiu ser eficiente no ataque. Logo aos 16 minutos, Erik fez um cruzamento que mais parecia ter colocado com as mãos, para Léo Gamalho abrir o placar de cabeça para Alagoas. Depois do gol, o CRB não mudou o estilo de jogo. O momento de maior preocupação aconteceu já por volta dos 40 minutos da etapa inicial. Rafael Longuine precisou ser substituído por uma torção no joelho. Quem entrou foi Dudu, com uma característica um pouco diferente do camisa 10.

Na segunda etapa, o CRB não mudou a estratégia de jogo. E ainda aos 14  minutos, achou o segundo gol. O próprio Dudu, que entrou no final do primeiro tempo, fez jogada individual e deu voltando para Léo Gamalho só escorar para o fundo da redes.

Léo Gamalho define o jogo para o Galo. Foto: Fernando Moreno

Léo Gamalho define o jogo para o Galo. Foto: Fernando Moreno

Sem desprezar o trabalho de todo o grupo, três jogadores em específico se destacaram na partida, além do artilheiro da noite: Ewerton Páscoa, Carlos Jatobá e Erik. O zagueiro Páscoa foi um dos principais responsáveis por não deixar passar nada lá atrás. O volante Jatobá foi o responsável e protagonista nas transições da defesa para o ataque. Já Erik foi o jogador mais voluntarioso e veloz. Deu trabalho para o Cruzeiro e amarelou a maioria dos cruzeirenses. No final do jogo, Luidy ainda teve a chance de garantir a classificação. Saiu sozinho e bateu rasteiro, mas o goleiro Fábio salvou.

CRB e Cruzeiro voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (18), às 21h30, no Estádio Rei Pelé. O Galo pode perder até por um gol de diferença que, ainda assim, fica com a vaga na quarta fase da Copa do Brasil.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados