Covid-19: mais de 140 mil doses da Pfizer chegaram a Alagoas nesta segunda (7) para vacinação em adultos

Covid-19: mais de 140 mil doses da Pfizer chegaram a Alagoas nesta segunda (7) para vacinação em adultos

Por Assessoria | Edição do dia 7 de fevereiro de 2022
Categoria: Alagoas, Saúde


Alagoas recebeu do Ministério da Saúde (MS) mais um lote do imunizante Pfizer para adultos, destinado ao prosseguimento da Campanha de Vacinação contra Covid-19. A nova remessa contém 141.570 doses e desembarcou no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, em Maceió, no fim da manhã desta segunda-feira (7).

Após a chegada, os imunizantes tiveram a temperatura aferida, foram contabilizados e armazenados na sede do Programa Nacional de Imunização (PNI) em Alagoas, órgão vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). As novas doses serão liberadas aos municípios à medida que as Secretarias Municipais de Saúde (SMSs) realizarem as solicitações e os agendamentos, por meio do Sistema de Informações de Insumos Estratégicos (SIES).

Assim como ocorre desde o início da vacinação, em 19 de janeiro do ano passado, os 56 municípios da I Macrorregião de Saúde, formada por Maceió e pelos municípios dos Litorais Norte e Sul, Zona da Mata e Vale do Paraíba, devem agendar a retirada das vacinas por meio do endereço eletrônico redefrioalagoas@gmail.com. Já os 46 municípios da II Macrorregião de Saúde, formada pelo Agreste, Sertão e Baixo São Francisco, realizam o agendamento pelo e-mail creadiarapiraca@gmail.com.

Importância – O secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, apela à população alagoana para que complete o esquema vacinal contra a Covid-19. Isso porque, segundo o gestor, está demonstrado que a vacinação tem impacto no número de pacientes que apresentam complicações em decorrência do novo coronavírus, bem como, no número de óbitos, principalmente após o surgimento da variante Ômicron.

“Entretanto, é possível verificar que, mesmo com este aumento, o número de pessoas que apresentam quadro clínico grave diminuiu e as mortes também sofreram drástica redução. É a prova de que as vacinas são eficazes e salvam vidas. Então, se você, por algum motivo, não se vacinou, compareça ao posto de vacinação próximo de sua residência e, caso não tenha completado o esquema vacinal, o faça o mais breve possível. Não se arrisque e não coloque em risco a vida de quem você ama”, frisou Ayres.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados