, Quarta-Feira - 19 de Fevereiro de 2020

 

Cortejo cultural leva multidão ao encerramento do Natal dos Folguedos

Secom Maceió / 12:00 - 23/12/2019


Um verdadeiro desfile de cultura e tradição. Com muita luz e cor, Maceió se despediu, neste domingo (22), da terceira edição do Natal dos Folguedos. O prefeito Rui Palmeira acompanhou o evento, que foi marcado pelo cortejo cultural. Mais de 100 grupos folclóricos e cinco mil pessoas desfilaram pela orla da cidade. A ação é uma organização da Prefeitura, através da Fundação de Ação Cultural (Fmac), da Secretária de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel) e da Superintendência Municipal de Iluminação Pública (Sima).

Para o prefeito Rui Palmeira, este é o Natal “mais lindo” da história de Maceió. “Com apoio da nossa cultura e da nossa história, finalizamos o evento de forma muito bonita. Superando todas as nossas expectativas. Encanta o maceioense e encanta o turista. Natal dos Folguedos é uma marca que veio para ficar”, disse o prefeito.

O gestor reforçou ainda a importância da iluminação de Natal da cidade. “Estamos tendo um show de luzes. A Sima está de parabéns pelo belíssimo trabalho. As pessoas fazendo fotos e espalhando Maceió para o mundo. Quantas pessoas já não passaram no túnel de luz, não é?”, comentou Palmeira.

A Prefeitura de Maceió investiu mais uma vez na descentralização da iluminação de Natal nos espaços públicos, com pontos no Centro, na parte alta e na orla marítima.

Uma das pessoas que se encantaram com a iluminação foi Iracema Freitas, que veio de Aracaju com a família. “Para mim, foi uma surpresa enorme. Não tinha ideia de como a cidade está linda e iluminada. E ter a chance de ver todas essas apresentações culturais é muito importante. Não só para quem vem de fora, mas para a nova geração que, às vezes, não tem noção de sua história e de suas raízes”, disse.

Durante o cortejo cultual, os presentes puderam acompanhar as apresentações de guerreiro, bumba meu boi, maracatu, fandango, chegança, coco de roda, quadrilha junina, além de outras manifestações folclóricas. O carro alegórico Patrimônio Vivo, com mestres e mestras de folguedos, também foi atração.

“É tão necessário o Natal dos Folguedos. Muitas pessoas daqui, da própria cidade, não conhecem a nossa cultura. Esse grande encontro é uma bela forma de terminar o ano. Um belo evento; me sinto honrado em participar”, comemorou Zé do Boi, presidente da Liga dos Grupos de Bumba Meu Boi de Alagoas.

“Maceió é feita de cultura popular”. É assim que Vinícius Palmeira, presidente da Fmac, fala sobre o cortejo cultural. “Isso é a consolidação dos espetáculos da cultura popular da nossa terra. É um encontro do maceioense com sua cultura. A gente vê os turistas encantados, mas a gente sente o orgulho dos que vivem na cidade quando algo assim acontece. Isso é Maceió. Isso é a alma da gente”, comemorou.

Turismo

A cidade está lotada. Todos os voos extras para Maceió começaram a chegar, este foi o final de semana mais cheio da capital. A informação é do secretário de Turismo, Jair Galvão, que celebra o Natal dos Folguedos. “O evento já virou tradição, uma semente plantada pela Prefeitura há três anos. Maceió se veste de suas tradições o turista assiste tudo isso. Um espetáculo que mostra que, além de praias, a nossa capital tem uma gastronomia riquíssima e uma cultura rica. O que vai incentivar a volta desse turista”, finalizou.

O Natal dos Folguedos começou em 24 de novembro e contou com diversas apresentações artísticas, a casa do Papai Noel, um jardim iluminado, artesanato local e a feira gastronômica da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) Alagoas, com a participação de 25 restaurantes da cidade.

 


Comentar usando